Apreensões de drogas aume­ntam 206%

0
908

Impulsionado pelo aumento na quantidade de abordagens e operações realizadas nas divisas do Estado, o número de drogas apreendidas pelo Comando de Operações de Divisas (COD) cresceu 206%. No ano passado, a unidade especializada da Polícia Militar apreendeu 12,9 toneladas de entorpecentes.

Em números absolutos, foram 8.754 quilos a mais do que 2013, ano que o COD retirou de circulação 4,2 toneladas de drogas. Em 2014, o Comando reforçou suas ações de inteligência fortalecendo operações em pontos estratégicos do Estado. No ano passado, uma das maiores apreensões foi realizada dia 20 de novembro, em Cachoeira Alta, na Região Sudoeste do Estado, com a apreensão de 2,2 toneladas de drogas transportadas em três veículos.
Para tentar driblar a fiscalização, quadrilhas de traficantes utilizam diferentes meios para realizar o transporte de drogas. Em 2014, duas carretas adaptadas com fundo falso foram interceptadas transportando maconha. A primeira apreensão aconteceu em 20 de fevereiro na cidade de Chapadão do Céu, com a localização de 1.560 quilos de maconha. Dia 21 de outubro, policiais militares do COD apreenderam, na GO 050, divisa com o Mato Grosso do Sul, uma carreta com 1,7 tonelada de maconha escondida também em fundo falso.
No ano passado, além de carros e caminhões, o COD registrou pelo menos sete ocorrências de apreensões de substâncias entorpecentes em ônibus interestaduais. As drogas eram transportadas por passageiros em malas de viagem. Conhecidos como ‘mulas’, eles são contratados por traficantes para realizar o transporte de drogas. Na avaliação do comandante do COD, tenente-coronel Luís César Gonçalves de Paiva, a busca por dinheiro fácil é um dos principais atrativos. “Dependendo da quantidade de drogas transportadas, eles ganham até R$ 5 mil por algumas horas”, explica.
Sobre o aumento na quantidade de apreensões, ele diz que o trabalho conjunto com outras unidades especializadas da PMGO e o fortalecimento de parcerias com as Polícias Civil, Rodoviária Federal, Federal e a Receita Federal, contribuíram para que a unidade intensificasse suas ações. “Vamos impulsionar ainda mais esse trabalho”, sublinha.
Além disso, ele explica que a qualificação técnico-profissional dos policiais do COD propiciou no aumento da qualidade do serviço operacional. “Investimos na qualificação dos nossos militares, possibilitando que eles compartilhassem experiências em outros Estados”, complementou.
No ano passado, a unidade, que foi criada em 2012, abordou 18.493 pessoas, vistoriou 8.023 carros, 1.466 caminhões, 164 ônibus e 548 motocicletas. Durante as abordagens e operações, o COD recapturou 19 foragidos da Justiça e efetuou 131 prisões.

Reforço
Este ano, o tenente-coronel explica que as ações de combate ao tráfico nas rodovias goianas e divisas do Estado ganharão força com a implantação de cinco novas bases em São Miguel do Araguaia, Britânia, Luziânia, Catalão e Itumbiara. Outra medida prevista é o reforço do efetivo da unidade, por intermédio de realização de curso e qualificação de policiais militares.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here