Prouni 2015

0
621

As inscrições para a primeira edição de 2015 do Programa Universidade para Todos (Prouni) serão abertas no próximo dia 26 e os candidatos terão três dias para realizarem o procedimento. Segundo o edital publicado pelo MEC, o estudante deverá obter um mínimo de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para participação no programa, exigência do novo formato do Prouni.

Para a próxima edição, também ocorreu outra alteração que limita que estudantes utilizem ao mesmo tempo os recursos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e a bolsa do Prouni. Nesse caso, quem utiliza a bolsa de estudos em conjunto com o (Fies), por exemplo, terá que abrir mão do segundo benefício para ter o direito de continuar a ser um bolsista do Prouni.
Para regularizar a situação, o estudante beneficiado por ambos os programas deverá optar por um dos programas e encerrar o outro. De acordo com a organização do Programa, a nova exigência não afeta quem é bolsista parcial do Prouni com complemento exato de despesas do Fies no mesmo curso e na mesma instituição.Este ano, o programa terá duas chamadas on-line: a primeira, em 2 de fevereiro e a segunda será em 19 de fevereiro.
O Governo acredita que com as mudanças, mais pessoas serão beneficiadas, já que não será mais permitido o acúmulo de benefícios. Até hoje, mais de 1,2 milhões de estudantes já foram beneficiados com bolsas de estudos do Prouni, do total geral, cerca de 70% são de bolsas integrais e 30% das bolsas parciais.
Duas modalidades de bolsas de estudos estão sendo oferecidas esse ano no Prouni, uma integral que custeia todo o valor das mensalidades e a parcial, que custeia apenas metade do valor. Para fazer a inscrição, além do candidato ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014, e ter obtido no mínimo 450 pontos na média das notas, o estudante não pode ter tirado nota zero na redação. As inscrições para o Programa deverão ser realizadas por meio do endereço eletrônico http://prouniportal.mec.gov.br.

Inclusão
Criado pelo governo federal em 2004, o Prouni oferece a estudantes brasileiros de baixa renda bolsas de estudos integrais e parciais em instituições particulares de educação superior que ofereçam cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Na edição de 2014, foram colocadas mais de 190 mil bolsas a disposição dos estudantes de baixa renda, oriundos de escolas públicas, que participaram do Enem. A expetativa é de que o número gire em torno de 200 mil, em 2015, com mais de 1.200 instituições participantes.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here