Sisu 2015

0
643

Com um número recorde de inscritos: 2,5 milhões, foram finalizadas na última semana as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Segundo balanço divulgado pelo Ministério da Educação (Mec), Administração lidera o topo da lista dos mais procurados com 295.799 mil candidatos inscritos. Na sequência aparece o curso de Direito, com 254.217 mil inscritos; pedagogia (231.243); medicina (229.771); e educação física (180.430).

Além dos cursos, figuram entre as 20 graduações mais procuradas  a de engenharia civil, enfermagem, ciências biológicas, agronomia, matemática, ciências contábeis, química, nutrição, serviço social, medicina veterinária, arquitetura e urbanismo, geografia, história e física. Os inscritos concorrem a um total de 205,5 mil vagas em 5.632 cursos de 128 instituições públicas de ensino superior do país.
Quem não for selecionado nessa primeira etapa do Sisu, poderá efetuar a inscrição em uma lista de espera que inicia na segunda, 26, e vai até o dia 6 de fevereiro. A inscrição é gratuita e deverá ser feita somente pelo site sisu.mec.gov.br. De acordo com o MEC, estão aptos a participar da lista de espera os candidatos que não foram selecionados em nenhuma das opções das chamadas regulares e também os selecionados em segunda opção.
O Sisu é realizado duas vezes por ano: há uma seleção no primeiro semestre, no mês de janeiro e a outro no segundo semestre, normalmente no mês de junho. A participação no Sisu do primeiro semestre geralmente é maior, isso pelo fato de que as universidades já disponibilizam a maioria das vagas disponíveis de uma só fez. O candidato que se inscreveu na primeira edição de 2015 deverá ficar atento às datas, pois logo após o fim das inscrições começa o prazo para a matrícula nas universidades. As inscrições, os resultados e os acompanhamentos podem ser feitos no site do programa.

Como funciona
Para participar do Sisu, inicialmente é necessário que o estudante tenha feito as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e tirado nota maior do que zero na redação. As instituições de ensino que oferecem as vagas podem estipular notas mínimas para que o estudante possa se candidatar a uma vaga e adotar pesos diferentes para a nota do Enem. O Sisu faz automaticamente o cálculo e mostra como foi feita a composição da nota para a opção escolhida pelo estudante.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here