Segurança do trabalho

0
558

Profissional indispensável para garantir a qualidade de vida no que diz respeito a higiene e segurança dos trabalhadores, o Técnico em Segurança do Trabalho (TST) atua diretamente no desenvolvimento e no controle de medidas e procedimentos de segurança a fim de evitar acidentes graves e as chamadas doenças ocupacionais causadas, por exemplo, pela falta de equipamentos adequados.

Técnico em Segurança do Trabalho há seis anos, David Firmiano diz estar satisfeito com a área de atuação. “Um amigo me indicou o curso, comecei a pesquisar sobre a profissão e me identifiquei. Gostei da faixa salarial, e o retorno foi mais rápido em relação a um curso superior, já que em media dura um ano e meio. Deu tudo certo. Com dois meses que tinha terminado o curso eu já estava no trabalhando e nunca mais fiquei desempregado”, conta David.
Entre as principais atribuições do profissional da área, estão: participar da elaboração e implementação de política de saúde e segurança no trabalho (SST); realizar auditorias e fazer acompanhamento e avaliação na área; identificar variáveis de controle de doenças, acidentes, qualidade de vida e meio ambiente; desenvolver ações educativas na área de Saúde e Segurança no Trabalho, com treinamentos e informações para cada área ou setor de acordo com os riscos inerentes; indicar e fiscalizar a utilização dos dispositivos de segurança e participar de perícias e fiscalizações, entre outras atividades.
No que diz respeito a atuação no mercado de trabalho, David Firmino explica que o profissional do segmento pode atuar em diversas áreas, como, por exemplo, no setor da construção cívil. De olho nas demandas desse segmento, David criou uma empresa que presta serviços para a área da constução cívil. “Tenho a RD Safety, minha própria empresa de segurança. Orientamos as empresas sobre os procedimentos, normas técnicas. Ao invés de ser registrado por uma empresa, resolvi terceirizar a segurança do trabalho de várias, prestando serviço de assessoria para diversas empresas dentro de uma mesma obra”, explica o técnico.

Oportunidades
O mercado de trabalho para o profissional que atua como Técnico em Segurança do Trabalho é considerado em crescimento, isso ocorre porque em áreas de atuação profissional onde o trabalhador fica exposto a algum risco, como é o caso da própria constuçao cívil, há necessidade de profissionais de TST para cuidar dos programas de prevenção e evitar acidentes com trabalhadores.
De acordo com TST David Firmiano,  quem pretende seguir carreira na área precisa gostar de trabalhar com pessoas e estar sempre bem atualizado. “Atualização e busca constante de conhecimento e novas técnicas também conta muito no mercado”, acrescenta. Para adquirir os conhecimentos necessários à prática, durante o curso de formação, o futuro profissional da área irá estudar disciplinas como administração, prevenção e combate a incêndio, Medicina do trabalho, direito e legislação, filosofia, entre outras.


Características da profissão

 

 

O que faz?

Responsável por supervisionar medidas elaboradas com o objetivo de diminuir e minimizar os acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.  Supervisiona a proteção da integridade e da capacidade física do trabalhador, garantindo assim condições que eliminem ou reduzam ao mínimo os riscos de acidentes de trabalho.

Onde atua?

Em estabelecimentos comerciais/industriais, públicos e privados, em sindicatos e entidades de classe, na execução e acompanhamento de projetos e programas relacionados à segurança, meio ambiente e saúde no trabalho.

Perfil?

Quem pensa em seguir carreira tem que gostar de ensinar, ser comunicativo, atencioso a detalhes, senso de responsabilidade e capacidade de observação e concentração.

Faixa Salarial?

Variável entre R$ 1.300,00 a R$ 3.500,00.

Onde estudar?

Senac/Goiás: O curso é oferecido nas unidades de Goiânia e Aparecida de Goiânia e tem duração de dois anos. Turmas no perído matutino, vespertino e noturno. Outras informações: www.go.senac.br e (62) 3219-5180.
Colégio e Faculdade Sena Aires
O curso tem duração de 18 meses e é oferecido durante a semana no período noturno, ou integral aos sábados e domingos. Mais informações: www.senaaires.com.br e (62) 3202-4858

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here