Faleiros: “Tenho orgulho dos meus quase 45 mil votos”

0
722

P10 02O ex-presidente estadual do PSDB, Antônio Faleiros, que aparou na última semana as rusgas que haviam surgido entre ele e Marconi Perillo (PSDB) no último mês, quando revelou estar magoado com a postura do governador, que não havia chamado-o para conversar após as eleições de 2014, reclamou dos companheiros de governo que insinuaram que ele havia tido problemas com o governador por querer cargos no governo. “Eu nunca busquei cargos no governo como alguns insinuaram. Os que me criticam o fazem, pois não têm coragem de concorrer a um cargo parlamentar e ficam apontando para os outros sentados atrás de suas mesas. Tenho muito orgulho da votação que obtive, mesmo não conseguindo me eleger”, frisou. Faleiros concorreu ao cargo de deputado federal, mas não conseguiu se eleger tendo alcançado quase 45 mil votos.


“Eu não defendo essa tese do impeachment. O meu partido perdeu a eleição (nacional)”

 

Marconi Perillo (PSDB), governador de Goiás.


Semdus
A Semdus, que se transformará em uma supersecretaria após a reforma administrativa da prefeitura de Goiânia, será destinada ao PMDB. Ele está sendo disputada entre os vereadores Denício Trindade (PMDB) e Clécio Alves (PMDB).

Amma
O atual titular da pasta, Paulo César Pereira, por sua vez, irá assumir a Amma, em substituição a Pedro Wilson (PT). Uma mudança que não ocorrerá é a ida de Osmar Magalhães para a Educação. Neyde Aparecida não aceitou sair e permanecerá no comando da pasta.

 

Vantagem
Segundo um experiente petista, em caso de candidatura própria do PT à prefeitura de Goiânia em 2016, Adriana Accorsi leva vantagem sobre Edward Madureira por três motivos: “Ela tem história, carisma e se posiciona no partido. Edward não tem nenhum desses pontos”.

Fraco
O ponto fraco, porém, é que a deputada estadual carrega o ‘estigma’ de ter sido muito próxima do governador Marconi Perillo (PSDB) anos atrás. Ela foi delegada-geral da Polícia Civil por escolha pessoal do tucano, antes de assumir secretarias na prefeitura de Goiânia.

Faíscas
Não chamem para a mesma mesa o vice-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e da Agricultura José Eliton (PP) e o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Edson Ferrari. Pode sair algumas faíscas.

Farpas
Os deputados José Nelto (PMDB) e Santana Gomes (PSL) trocaram algumas farpas na sessão de quinta-feira, 26, na Assembleia. Ao criticar o Detran, José Nelto disse que o órgão seria comandado pelo contraventor Carlinhos Cachoeira.

Rabo preso
Rapidamente o deputado Santana Gomes partiu para o ataque contra José Nelto. Pedindo a palavra ele disse ao líder peemedebista para tomar cuidado, pois teria “rabinho preso”. “Eu sei dos seus rabinhos”, disse Santana.

Cotoveladas
Alguns aliados do deputado estadual Virmondes Cruvinel (PSD) dizem que o pessedista está insatisfeito com o partido. O deputado estaria dando algumas ‘cotoveladas’ internamente para conseguir mais espaço, ou até mesmo criar condições para deixar o partido.
Viagem
Sabendo que o prefeito Paulo Garcia ainda não portava as passagens de volta de sua viagem à Espanha, o presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Anselmo Pereira (PSDB), se prontificou ao prefeito a comprar, com seu dinheiro, a passagem de volta do petista.

Condição
Na ligação, o presidente impôs apenas uma condição para fazer a gentileza: que o vice-prefeito Agenor Mariano leve a passagem e a entregue em mãos a Paulo Garcia. “Daí eu cuidaria da cidade para vocês”, sorriu o vereador.

Dividido
O secretário municipal de Finanças, Jeovalter Correia, tem dividido o seu tempo entre Goiânia e Tocantins. É que ele é o responsável pela confecção da reforma administrativa que irá enxugar a máquina do governo de Marcelo Miranda neste ano.

Ministro em Goiânia
O Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Armando Monteiro Neto, estará em Goiânia nesta segunda-feira, 2, para prestigiar a posse da nova diretoria da Fieg, eleita para o quadriênio 2015-2018. Neto vem a convite do presidente da Fieg, Pedro Alves de Oliveira.

Pros 2016
O Pros está animado com os nomes que deverão compor sua chapa de vereadores em 2016. Os mais fortes do partido, além dos já vereadores Paulo da Farmácia, Wellington Peixoto e Divino Rodrigues, são Rodrigo Melo e Vinícius do Conselho. Intenção é eleger os cinco nomes.

Fora da base
Em entrevista à Rádio Mil, o deputado federal Jovair Arantes (PTB) foi curto ao ser perguntado se permaneceria na base em 2018. “Não temos nenhum compromisso com a base governista. Nosso compromisso é com a comunidade”, disse.

Clima ruim
Ele também relatou que o maior dos problemas em torno da celeuma que se envolveu com o governador Marconi Perillo (PSDB) foi de que se sentiu indesejável. “Não gostei de me sentir indesejável, pois fui companheiro desde o início”, relatou.


Rápidas

 

 

Especialista na área de Gestão, Christiane Taveira é uma das responsáveis pelo planejamento estratégico da nova diretoria da Associação de Jovens Empreendedores e Empresários de Goiás (AJE Goiás) para o biênio 2015/2016.

O ex-senador Cyro Miranda, que estava cotado para assumir a presidência regional do PSDB em substituição a Paulo de Jesus, deverá assumir a presidência da AGR. Ele foi convidado por Marconi Perillo para comandar a agência e deverá dizer sim nesta semana.

Com isso, os nomes mais fortes para permanecerem no comando do partido a partir deste ano voltam a ser o secretário de Articulação Política, Sérgio Cardoso, e o secretário-geral do PSDB, Olier Alves, este último aparecendo como favorito.
Anselmo Pereira, na sessão da última quarta-feira, 25, deu um ‘sermão’ na vereadora Cida Garcêz (SDD). Ele havia colocado um projeto da parlamentar em votação, mas ela deixou o plenário. Com isso ele acabou encerrando a votação sem terminá-la.

Pouco depois Cida pediu para seu projeto voltar a ser votado. Anselmo o recolocou, mas disse a vereadora e a todos os outros que a “mesa não será pajem” dos vereadores. “Tratem de ter organização, pois isso aqui não é uma Escolinha do Professor Raimundo”, finalizou.

O deputado estadual Paulo Cézar Martins (PMDB) se encontrou com o comandante-geral da PM, coronel Sílvio Benedito. Na pauta, aumento do policiamento em Quirinópolis, que tem média de assassinatos mais alta que a de Goiânia em 2015, proporcionalmente.


Fora
O deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB-foto), apontado por muitos tucanos como um dos nomes para a disputa pela prefeitura de Goiânia em 2016, disse que não participará da disputa. Afunilam-se, assim, os nomes de Jayme Rincón e Fábio Sousa.

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here