Uma noite para rir

0
574

A 4 - Gustavo Mendes

“Com tudo dentro” é o novo espetáculo estrelado e escrito por Gustavo Mendes. Nesta nova peça, o ator reúne no palco personagens que o consagraram. Além do texto afiado e do humor inteligente, Gustavo interpreta várias canções interpretando as vozes de grandes representantes da música brasileira, tais como Maria Bethânia, Alcione e Zé Ramalho. Além disso, o humorista promete outras surpresas para o público.

Esta é a segunda vez que Gustavo Mendes vem à Goiânia. A primeira foi com a peça “Mais que Dilmais”, que ganhou o Brasil em turnê realizada em 2012. Além do teatro, o ator e humorista já esteve nos elencos de “Casseta & Planeta – Vai Fundo!” e “Zorra Total”, ambos da Rede Globo de Televisão. Agora, Gustavo aventura-se no talk show Agora é Tarde, apresentado por Rafinha Bastos, na TV Bandeirantes.

Mas, não é só televisão. Conhecido por sua versatilidade, o comediante também está na Internet, com canal próprio no YouTube, que hoje contabiliza mais de 20 milhões de visualizações. O quadro atual no canal é o “Dilma chama e a pessoa vem”, um programa de entrevistas que recebe famosos. Gustavo Mendes também participa do canal Parafernalha, um dos maiores canais brasileiros da rede, atualmente.

A trajetória do ator começou cedo, ainda na escola. Na cidade de Guarani, interior de Minas Gerais, onde morava, Gustavo já atuava e escrevia nas peças de escola, já que ninguém dava os papéis que ele queria fazer. Em 2005, foi o vencedor do Show de Talentos, promovido pela TV Alterosa (SBT Minas). Mais tarde, foi destaque no 6º Festival de Piadas, promovido pelo Show do Tom, da TV Record.

O Tribuna conversou um pouquinho com ele para saber mais sobre o espetáculo. Confira.

O espetáculo “Mais que Dilmais” foi destaque em todo o país. O que “Com tudo dentro” traz de novidade para o público?

O show é fruto de uma questão: o que faz as pessoas gargalharem? Aproveitei as inúmeras viagens que fiz pelo país por causa das turnês para questionar o público sobre isso. Foram mais de 100 mil respostas, que passaram por triagem e se tornaram o que considero o meu melhor e mais engraçado show de humor.

Li que seu contato com o teatro foi ainda na infância, em sua cidade natal. Poderia nos contar um pouco sobre isso?

Descobri muito cedo que eu podia fazer os outros rirem e o quão poderoso isso era. Em pouco tempo, eu era o queridinho da turma e dos professores. Quando soube que isso poderia ser minha profissão, não tive dúvidas do que seguiria na vida. Meus primeiros trabalhos na área foram amadores em um grupo de teatro da minha cidade natal, no interior de Minas Gerais.

Qual a razão da sua identificação maior com o stand up? Quais são suas maiores referências?

Pedro Bismarck. Ao assisti-lo, quando criança, eu desejei ser como ele. É o maior comediante do Brasil e é muito gente boa.

Acredito que seja consenso que a “Presidenta Dilma” seja seu personagem mais icônico. De onde surgiu a ideia da caricatura? Você busca fazer alguma crítica?

Com 18 anos, eu fui fazer mochilão pela Ásia e durante dez dias eu jejuei só com água. Eu estava meio perdido, não sabia o que eu queria fazer da minha vida. Nesse período, eu tive uma iluminação. Conversando com um rapaz que estava ali há mais tempo, era mais velho e budista há mais tempo, ele disse que eu precisava seguir o caminho dos mais velhos. Eu entendi isso como “seguir o caminho dos mais voltados para a guerrilha”. Pois, eu estava numa onda de guerrilhar dentro de mim contra os meus desejos carnais. Guerrilha, me fez lembrar de presidente, que me lembrou da presidente Dilma. E foi assim que eu comecei a imitá-la. Não busco fazer crítica, busco fazer rir. Faço humor, não faço política.

Mais do que a televisão, a Internet foi uma grande aliada na sua ascensão, concorda? Qual a importância do YouTube, hoje, para a formação de novos artistas?

Há mais liberdade de conteúdo na Internet. Porém poucas coisas lá possuem qualidade de fato. Estamos aprendendo a fazer Internet, assim como estamos aprendendo a fazer TV.


 

SERVIÇO

Local: Teatro Rio Vermelho

Data: 21 de março (sábado)

Horário: 21 horas

Informações: (62) 3219 3400 / 3219 3400

Classificação Indicativa: 16 anos

Vendas: www.compreingressos.com / Submarino Festas: (62) 3261-1775

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here