Procon Goiânia realiza pesquisa de preços de pescados

0
473

A 9 - Prefeitura 3- Procon encontrou variações de até 94

O Procon Goiânia realizou, entre os dias 13 e 18 de março de 2015, levantamento de preços dos principais gêneros alimentícios consumidos pelos goianienses durante o período da Semana Santa. A primeira pesquisa é referente aos pescados. Entre os itens pesquisados estão peixe, camarão e bacalhau. Foram 15 itens pesquisados em dez estabelecimentos na capital, de supermercados a peixarias.

A maior diferença de preço constatada pelo Procon Goiânia foi de 94,24%, referente ao peixe tucunaré, encontrado por R$ 13,90 e R$ 27,00. Bacalhau (Porto), pintado e salmão, os menores preços encontrados por quilo, respectivamente: R$38,90; R$16,90 e R$29,90. Com variações entre preços de 67,10%, 93,43% e 6,69%, na mesma ordem.

Para o diretor geral do Procon, Miguel Tiago, o objetivo dessa pesquisa é oferecer uma referência ao consumidor através dos preços médios obtidos dentro da amostra pesquisada. “É importante frisar que a pesquisa ainda é a melhor maneira para economizar, porém, alertamos os consumidores a se atentar a detalhes importantes, observando a qualidade dos alimentos e a data de validade”, orienta.

Com relação à fiscalização, o Procon Goiânia intensificou o trabalho nos locais que comercializam ovos de chocolate e pescados em geral, desde o dia 16 de março. Essas ações se estenderão até a véspera da Páscoa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here