Artes plásticas

0
509

 

800 - E11 - Cláudia Dowek - AbreA Vila Cultural Cora Coralina recebe a exposição Névoa baixa, sol que racha, da artista visual carioca Cláudia Dowek. As obras expostas na capital trazem uma linguagem universal: o contraste entre o rural e o urbano e a luta das mulheres do campo. Ao todo, compõem a exposição um conjunto de oito grandes telas, cinco delas da série Som da Gente, título que foi tirado de uma citação de mulheres da zona rural da Bahia, que faz referência à busca pela própria voz.

No trabalho, ospatchworks de renda se misturam aos pigmentos como o óxido de ferro amarelo e o vermelho e trazem a cor de volta ao trabalho da artista. Para completar a homenagem, Cláudia batizou as obras com nomes de personagens que são engajadas na luta feminina. Em algumas de suas telas, a artista mostra a mistura de elementos diversos, como fios de cobre e juta, resinas, pigmentos brutos, entre outros itens pouco convencionais. A exposição fica na capital até o dia 3 de maio. (Com informações da Secult)

Programe-se

O quê? Exposição Névoa baixa, sol que racha
Onde? Vila Cultural Cora Coralina. Acesso pelas escadarias da Av. Tocantins e Rua 23, atrás do Teatro Goiânia.

Horário? Das 8 às 17 horas


Comédia

 

Stand Up

No próximo dia 15 de abril, às 20 horas, o humorista Fábio Porchart apresentará o stand de comédia “Fora do Normal”, no teatro Rio Vermelho, em Goiânia. No show, que já é realizado pelo comediante a cerca de quatro anos, Porchart fala sobre situações do cotidiano, vivenciadas por ele e muitos pessoas. O espetáculo tem classificação etária de 12 anos e duração de 80 minutos. Ingressos podem ser adquiridos na Fnac do Shopping Flamboyant e na Livraria Cultura.

O quê? Fora do Normal

Onde? Teatro Rio Vermelho

Quando? 15 de abril, às 20 horas

Ingresso? 50 (meia) e R$ 100 (inteira)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here