Henrique Arantes: “Jovair está aberto ao diálogo”

0
816

No início deste mês, o deputado federal Jovair Arantes (PTB) se encontrou com representantes do PMDB, principal partido de oposição em Goiás, e do SDD, aliado peemedebista na última eleição estadual. A reunião chamou a atenção da imprensa e, rapidamente, o deputado estadual Henrique Arantes tratou de dizer que o encontro foi apenas casual.

A reunião foi com presidente do Solidariedade em Goiás, Armando Vergílio, e com o deputado federal Lucas Vergílio (SDD), no escritório de ambos (Jovair e Armando) que são sócios, e contou com a presença de deputados estaduais e de vereadores do PMDB. A pauta teria sido a sucessão da prefeitura de Goiânia em 2016.

Mesmo dizendo que o encontro foi casual, Henrique admitiu que na política e no futuro, com relação a projetos, tudo pode acontecer. Ele disse que o pai está, sim, solto em relação ao futuro político. “O que ele falou foi que está aberto a discussões”, disse, em relação ao encontro com a oposição.

De fato Jovair disse, ainda no início do mês, que não conversou profundamente com a oposição nem com a base em relação às eleições do próximo ano, mas que pretende fazer isso futuramente. “Nós não procuramos ninguém para conversar. Mas pode ter certeza que conversaremos com todos que nos procurarem”, avisou.

Evitando falar publicamente sobre política desde então, Jovair tem se empenhado no trabalho parlamentar em Brasília. Segundo um aliado, a situação poderia ter melhorado se o governador o chamasse para conversar no mês de fevereiro. “O Jovair esperava uma conversa com Marconi até fevereiro, mas o diálogo não aconteceu”, aponta.

Não há como negar. A relação entre Marconi Perillo (PSDB) e Jovair Arantes (PTB) já foi melhor. Nos últimos meses, em especial no início desse ano, Jovair mostrou-se descontente com a forma que foi conduzida a reforma administrativa implantada pelo governo no início do seu quarto mandato.

No início do ano, o líder do PTB em Goiás e influente deputado da legenda, chegou a dizer, em entrevista à Rádio 730, que a inabilidade foi maior que a habilidade do governador, além de ter dito, em entrevista à Rádio Mil, não ter gostado de se sentir um indesejável no governo.

Jovair tem evitado falar sobre a pauta que o coloca em atrito com o governador. Entretanto, volta e meia ventila sobre o assunto e dá a entender que os compromissos com a base vão até este ano. Até porque ano que vem tem processo eleitoral e o mesmo já manifestou o desejo de um possível projeto em 2016. Segundo ele, é real a vontade de lançar nomes para a disputa em Goiânia. “Temos dois nomes fortes: Talles Barreto e Henrique Arantes”, avisou. E aguardar para ver o desenrolar da trama.

Leia mais:

PTB rechaça ida para a oposição

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here