Aparecida solicita melhoria na internet de escolas

0
541

Prefeitura Aparecida

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia solicitou na última quarta-feira, 25, durante audiência pública a Anatel e a Oi melhoria no serviço de internet banda larga que atende as escolas municipais. A empresa de telefonia garantiu que na próxima segunda-feira, 30, começa a revisar todos os pontos e prometeu melhorar o serviço.

A reunião realizada no auditório da Universidade Estadual de Goiás (UEG) contou com a participação dos gestores de todas as escolas municipais e do prefeito Maguito Vilela; do secretário de Educação, Domingos Pereira; do assessor técnico da Anatel, Leonardo Euler de Morais; e do diretor de Relações Institucionais da Oi, João Antônio Tavares e demais representantes da Anatel e Oi. O encontro foi articulado pelo secretário de Governo e Integração Institucional de Aparecida, Euler Morais.

“Estamos trabalhando para melhorar a qualidade de vida e principalmente do ensino em Aparecida. A ampliação da banda larga nas escolas vem de encontro com esse trabalho. É preciso que as crianças que estudam em escolas públicas tenham as mesmas condições de disputar uma vaga em uma faculdade de qualidade ou no mercado de trabalho que as crianças que estudam em escolas privadas. A internet eficiente ajudará neste processo”, afirmou o prefeito.

De acordo com o secretário Domingos Pereira, o objetivo do encontro foi o de apresentar as demandas das escolas e Cmeis do município e, a partir de um levantamento realizado pela SME, solicitar a instalação da rede em unidades que ainda não possuem internet, bem como a ampliação da velocidade nas unidades já contempladas. “Atualmente as escolas municipais possuem apenas 2 Megabytes de potência na rede banda larga e é preciso aumentar essa velocidade, pois todo o sistema administrativa é feito on line e todas as escolas possuem sala de informática. Oferecemos ensino de qualidade para as crianças e jovens e a banda larga mais rápida trará ainda mais melhoria”, sublinhou.

O diretor de relações Institucionais da Oi explicou que a democratização do acesso à internet ajudará no futuro do país. “Firmamos aqui o compromisso de adequar a velocidade da banda larga nas escolas municipais nas unidades em que a região comportar esse aumento. E a partir de segunda-feira, vamos percorrer todas as unidades para saber quais estão aptas para receber esse upgrade na velocidade da internet”, declarou o diretor.

Das 71 unidades escolares da Rede Municipal de Aparecida – sendo 54 escolas regulares, quatro escolas de educação integral e 13 Cmeis – apenas sete não possuem rede de internet. Das demais, três utilizam sistema por fibra e cinco ainda utilizam sistema por satélite. A ideia é avaliar a capacidade de cada unidade para padronizar o sistema em todas elas, adequando para o modelo mais ágil e que comporte todas as atividades desenvolvidas nas escolas e Cmeis.

Para o vereador Éder do Skinão (SDD) a ferramenta mais rápida irá auxiliar no ensino municipal. “As novas tecnologias são necessárias para ampliar o ensino e proporcionar mais inclusão das crianças e jovens aparecidenses, e assim terem mais oportunidades no futuro”, salientou o vereador que falou em nome da Câmara e estava acompanhado dos vereadores João Antônio (PSB) e Rosildo Manoel (PP).

O chefe da Assessoria Técnica da Anatel, Leonardo Euler de Morais, o aprimoramento da inclusão e do acesso ao conhecimento é a base do Projeto Banda Larga nas Escolas Públicas do Governo Federal com parceria com a Anatel e empresas de telefonia. Atualmente 69 mil escolas públicas em todo o país estão inseridas no projeto e em Aparecida esse número alcança quase todas as escolas municipais. “Até 2025 todas as escolas públicas do país serão inseridas no programa. Esta é uma plataforma fundamental para o ensino público de qualidade e aqui destacamos a prefeitura de Aparecida, que foi uma das primeiras a entrarem no programa que visa à inclusão de todos no mundo digital”, frisou Leonardo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here