João Campos: “Eleições unificadas beneficiarão lenientes”

0
926

O deputado federal João Campos (PSDB) afirmou à coluna Linha Direta ser a favor da Reforma Política que está em tramitação no Congresso Nacional, mas com uma ressalva: desde que a coincidência de eleições, proposta que uniria as eleições municipais, estaduais e federais em uma só e que ocorreriam de cinco em cinco anos, não seja aprovada por seus colegas parlamentares. Falando de forma veemente, o deputado disse que o hiato de cinco anos entre eleições, além de ser prejudicial à democracia e ao fortalecimento da discussão política, beneficiaria o político “leniente”, seja ele vereador, deputado, senador, prefeito, governador ou mesmo presidente. “Se hoje com eleições de dois em dois anos, vemos muitos políticos que deixam para trabalhar com afinco apenas no penúltimo e último ano de sua gestão ou mandato, com os cinco anos que a coincidência trará, esse tipo de político, que a sociedade mais luta para combater, será beneficiado”, afirmou. Ele espera que a reforma seja aprovada sem essa proposta.

“Lúcia Vânia já se decidiu pelo PSB”

Marcos Abrão (PPS), deputado federal e sobrinho da senadora ainda tucana.

 


Preparo

 

O presidente do PSDB em Goiás, Paulo de Jesus, já tem planejado o que fazer em seus últimos meses na presidência da sigla: preparar o partido para se adequar a reforma administrativa que está em tramite no Congresso Nacional.

Nomes

Para substituí-lo na eleição que ocorrerá em junho deste ano, o presidente citou alguns nomes, como o do ex-senador Cyro Miranda e também o do ex-diretor da OVG, Afreni Gonçalves. Outro nome colocado por deputados federais é o de Alexandre Baldy.


Tempo livre

 

Paulo de Jesus confirmou o que havia dito o secretário-geral do PSDB, Sérgio Cardoso, à Linha Direta na semana passada: “O próximo presidente do PSDB terá de ter tempo e disposição para percorrer todo o Estado por conta das eleições de 2016”, afirma.

De saída

O ex-deputado estadual José de Lima deixou o PDT de forma não tão amigável. É que como ele apoiou a candidatura de Alexandre Baldy (PSDB) a deputado federal em Anápolis na eleição do ano passado, acabou se queimando com a deputada federal Flávia Morais (PDT).

Planos

Com isso, também podem estar a perigo os planos do ex-deputado a se candidatar mais uma vez à prefeitura de Anápolis no próximo ano. José de Lima, que ainda não se filiou a nenhum partido, já adiantou, desde o ano passado, que seria candidato em 2016.

Críticas

O deputado Luis César Bueno (PT) criticou, na última semana, a falta de investimentos do governo estadual em relação a região nordeste do Estado, conhecida como corredor da pobreza, ao criticar o caso de exploração sexual de crianças kalungas na cidade de Cavalcante.

Defesa

Coube ao deputado Talles Barreto (PTB) sair em defesa do governo. Ele citou que, em 16 anos, muitos investimentos foram feitos na região. “Basta conversar com deputados que são de cidades do nordeste goiano. Eles podem confirmar”, atestou.

Inércia

Já o deputado Major Araújo (PRP) lembrou que em 2011 fez, ainda como deputado da base, denúncias sobre a exploração sexual e a prostituição infantil na comunidade kalunga. “O governo foi avisado e nada fez”, lembrou.

Pegou mal

Na última quinta, em sessão da Comissão Mista da Assembleia, o deputado Santana Gomes (PSL), se dirigiu ao deputado Luis César Bueno (PT) para criticar a atuação da Guarda Civil Metropolitana em confronto com professores no Paço Municipal.

Pegou mal II

Santana criticava mostrando imagens em seu celular, mas Luis César teve que se ausentar para resolver um problema com sua assessoria. Ao vê-lo saindo em meio a suas críticas, Santana vociferou: “Deve ter saído para espancar alguém também”. Pois é…

De perto

Na última quinta, 23, o deputado Sérgio Bravo (Pros) foi à tribuna e em seu discurso criticou os problemas enfrentados pelo prefeito de Senador Canedo, Misael Oliveira (PDT). Detalhe: Misael estava visitando a Assembleia e conversava com deputados a poucos metros de Bravo.

Audiência

O vereador Elias Vaz (PSB) mudou a data da audiência pública que discutirá pontos acerca da reforma administrativa do Paço. Marcada anteriormente para sexta, 24, ela passou para segunda, 27. “Para dar tempo de todos lerem o projeto”, disse Elias.

Debate

A Fundação Ulysses Guimarães-GO promove, nesta segunda, 27, nova edição do Café com Política com a participação do psicólogo forense e professor universitário Handersenn Abe. O debate será sobre a redução da maioridade penal e se inicia às 8h, na sede da fundação.

OSs

A secretária da Educação, Esportes e Lazer, Raquel Teixeira, afirmou que a implantação das OSs na educação estadual não será realizada de forma abrupta. A princípio, as organizações seriam implantadas em 10% das escolas do Estado.

Encontro

O deputado federal Rubens Otoni (PT) quer se encontrar com lideranças do PTB nos próximos dias. A conversa do encontro giraria em torno da possibilidade de aliança entre PT e PTB em alguns municípios goianos. A conferir…

Rápidas

– O vereador por Anápolis Jackson Charles (PSB) convocou uma audiência pública para esta segunda, 27, na sede da Triunfo Concebra, em Goiânia, que venceu a licitação para cobrança de pedágios e manutenção do trecho Goiânia – Anápolis – Brasília.

– Na pauta, as discussões serão direcionados sobre questionamentos da sociedade anapolina como iluminação nos viadutos; ampliação das rodovias; valor do pedágio; data de inauguração; e atribuição das responsabilidades, dentre outros.

– O PMDB está preparando uma série de pesquisas internas nos principais municípios goianos. A ideia do partido é traçar um panorama da realidade eleitoral de cada cidade e planejar a atuação da sigla nas eleições do próximo ano.

– O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Goiânia está com inscrições abertas para preencher os 30 cargos de conselheiro tutelar da capital. As vagas são para os conselhos das regiões Centro-Sul, Norte, Leste, Oeste, Noroeste e Campinas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here