Do campo para a merenda

0
627

A Prefeitura de Goiânia em parceria com a agricultura familiar tem desenvolvido ações que colaboram para a melhoria da alimentação fornecida nas instituições educacionais. Um exemplo é o consumo da castanha do baru, rica em proteína, ferro e fibra que contribui na nutrição dos educandos ao proporcionar aumento da resistência física, melhora da imunidade, principalmente contra a anemia. “Este fruto tem um potencial nutricional muito grande, contribuindo assim na prevenção de várias doenças”, afirmou Nair Augusta Gomes, nutricionista da Secretária Municipal de Educação (SME).
Coletado nos estados de Goiás, Tocantins, Bahia e Minas Gerais o fruto é beneficiado na Coopera­tiva Mista dos Agricultores Fami­liares, Extrativistas, Pescadores, Vazan­teiros e Guias Turísticos do Cer­rado (Coopcerrado), em Goiâ­nia. No local, a matéria-prima é transformada em biscoito integral e, logo em seguida, transportada para as escolas e centros municipais de educação infantil da Capital.
Para a nutricionista, a aquisição de produtos de agricultores familiares garante, no decorrer do ano letivo, o fornecimento de produtos de alta qualidade, dentro da proposta nutricional desenvolvida pela SME. “O Departamento de Alimentação Educacional (Dale), que tem equipe especializada, é responsável pela logística de distribuição de alimentos e acompanhamento nutricional dos educandos, bem como pela elaboração do cardápio”, explica Gomes.
De acordo com informações do Dale, atualmente, os produtos da Agricultura Familiar que integram as refeições dos alunos da rede são: açafrão; arroz; bebida láctea; biscoito integral de baru; feijão-carioca; leite em pó; manteiga de leite; óleo de soja; polpa de frutas; proteína texturizada de soja; queijo muçarela; requeijão cremoso e rapadurinha.

Bem nutridos
O consumo destes alimentos proporciona aos educandos, nutrição saudável e, por consequência, melhores condições para o processo de ensino aprendizagem conforme explica a especialista. “Cada vez mais pesquisas comprovam que o hábito alimentar tem forte influência no desenvolvimento integral das crianças, pois uma pessoa que tem uma alimentação rica em nutrientes amplia sua capacidade de aprender e de interagir com mundo”, afirma Gomes.
Nas unidades educacionais, a importância de alimentos direto do campo também é reconhecida. “Vejo um impacto muito positivo a presença dos produtos da agricultura familiar na escola, pois possibilita uma alimentação saudável e bem diversificada aos educandos, que, muitas vezes, se alimentam somente na instituição”, destacou a diretora da Escola Municipal Tempo Integral Setor Grajaú Mara Adriana da Silva.

Parceria com Cooperativas

Goiânia integra o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) viabilizado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que articulam o financiamento do abastecimento nas instituições educacionais de alimentos produzidos por agricultores familiares. A proposta garante que 30% do recurso federal para a merenda educacional sejam aplicados na compra de alimentos produzidos por agricultores familiares. No entanto, a Prefeitura tem investido além deste percentual. Em 2014, fo­ram aplicados 4,5 milhões, o que cor­responde a 46% do total do re­passe para alimentação educacional.
A aquisição dos produtos da Agricultura Familiar é feita por Chamada Pública, dispensando procedimento licitatório. A conexão entre a Agricultura Familiar e a alimentação educacional está baseada na Lei nº 11.947/2009. A legisla­ção tem como princípio o emprego de alimentos variados, segu­ros e que respeitem a cultura e as tradiçõesregionais. “Para a Pre­fei­tura, a reserva de mercado ga­ran­tida pela legislação aos agricultores familiares configura alternativa concreta de valorização a uma economia sustentável”, ressalta a Secretaria da Educação, Neyde Aparecida.
Para garantir o cumprimento da lei, a SME articulou parcerias com oito cooperativas. “A julgar pelos resultados alcançados até aqui, estamos convictos de que acertamos em estabelecer uma relação dialógica com as cooperativas, desta forma, viabilizando as compras diretas da Agricultura Fami­liar”, afirmou o prefeito Paulo Garcia.
O presidente da Central de Coo­perativas da Agricultura Familiar (Cecaf), Wilson Hermuth Gottens, destaca o papel da Prefeitura de Goiânia para melhorias no setor. “A Cecaf foi criada em 2009 e vem desenvolvendo um forte trabalho para a organização das cooperativas. Neste processo, a Prefeitura de Goiânia se tornou o maior parceiro, pois colabora para fortalecer o segmento”, avalia.
O município de Goiânia iniciou a aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar no ano de 2010 sempre na perspectiva de ampliar as variedades dos produtos assim como garantir a qualidade do mesmo. “Acredito que a parceria estabelecida entre a SME e a agricultura familiar tem propiciado o acesso de alimentos diversos e de qualidade aos educandos da Rede Municipal de Educação, além de fortalecer os pequenos produtores na perspectiva da economia sustentável”, afirmou Wesley Batista da Silva, diretor do Dale.


Agro Centro-Oeste Familiar

Â

A Prefeitura de Goiânia é parceira da Feira Agro Centro-Oeste Fa­mi­liar, que será realizada nos próximos dias 13 a 16, no Centro de Cul­tura e Eventos Professor Ricar­do Freua Bufáiçal, no Campos Sa­mam­baia, em Goiânia. O evento, coordenado pela Universidade Fe­deral de Goiás (UFG), tem o objetivo de fortalecer o desenvolvimento da Agricultura Familiar no Brasil..
Cerca de 600 educandos da rede municipal visitarão o local. De acordo com Sílvia de Freitas Alves, do Departamento Pedagógico, a visita à Feira possibilitará aprendizagem sobre a influência do ser humano no ambiente, produção de alimentos, alimentação saudável, agroecologia e outros.
A SME contará com um estande no qual fará exposição de um dos seus projetos ambientais, com demostração de como produzir de forma sustentável e artesanal, sabão líquido e em barra, com a reu­tilização de óleo de cozinha, explica Freitas. Será realizada também apresentação cultural com participação da Escola Municipal Grande Retiro.

Â

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here