Alunos comparecem em peso para primeiro aulão do Goiás Enem

0
731

Concentração é uma característica comum dos alunos sorteados para a maratona de aulas do Goiás Enem, projeto da Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce). Com o auditório lotado e em silêncio, a turma de Aparecida de Goiânia iniciou na quarta-feira, 6/5, o cronograma de preparação visando o bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio, ferramenta indispensável para o ingresso no ensino superior.
Contemplada com uma vaga, Geovanna Ketlyn, de 17 anos, cursa o 3º ano do ensino médio em Hidrolândia (GO). A ida até o município vizinho agora fará parte de sua rotina. “Fiquei muito feliz em ser sorteada. Acho que dedicar esse tempo para o meu estudo é um investimento”, comemora a aluna que pretende fazer direito na UFG. “Trocar o vestibular pelo Enem foi interessante porque nosso saber é mais valorizado.
Agora sabemos exatamente o que estudar e como nos preparar”, completou Geovanna.
Já Lays Aline, de 16 anos, quer ser psicóloga. Para ela, o sonho de estudar em uma universidade pública nunca esteve tão próximo. “Foi uma amiga quem me contou que fui selecionada no Goiás Enem. No início eu nem acreditei, mas era mesmo verdade. Não vou faltar nenhuma aula. Tudo que aprender aqui será importante para alcançar meus objetivos”, disse.
A aula inaugural no polo de Aparecida de Goiânia foi marcada por apresentações culturais e diálogo entre alunos e professores. Estiveram presentes no auditório da Universidade Estadual de Goiás a subsecretária regional, Idelma Maria Oliveira Silva, e a coordenadora geral do Goiás Enem, Siloá de Brito Soares e Silva.
Objetivos
A professora Joanede Aparecida participa do projeto desde que foi lançado, em 2013, e é uma das responsáveis pela elaboração do conteúdo a ser estudado. Além de língua portuguesa, ela também vai abordar nas aulas do Goiás Enem outros temas, como linguagem, códigos e suas tecnologias.
“O ensino médio trabalha com o chamado currículo mínimo, ou seja, não sobra espaço suficiente para desenvolver o conteúdo exigido pelo Enem. O foco dessa maratona é justamente este: oferecer ao aluno as habilidades que ele precisa para se destacar”, explicou a professora ao citar que há 30 habilidades a serem estudadas até o fim do curso.
Joanede conta que trabalhar no projeto é gratificante pelo retorno que ele oferece. “São alunos interessados e com grande potencial. Já vi estudante sair daqui direto para cursos de medicina, engenharia e nutrição, por exemplo”, observou. “O que eu friso bastante é que eles têm capacidade para conseguir a vaga que quiserem. Não existe mais aquela história de curso escolher aluno. Agora são eles que escolhem onde e o que querem estudar”.


Sobre o Goiás Enem

Â

O projeto da Seduce chega a sua terceira edição oferecendo 900 vagas. Puderam participar do sorteio os alunos matriculados na 3ª série do ensino médio e do 6º período do ensino médio ressignificado.​​ Estudantes do cadastro reserva podem ser chamados a qualquer momento caso haja desistência do aluno já matriculado ou não cumprimento da frequência mínima, que é de 75%. O objetivo é atender ao maior número de estudantes interessados.​
Cinco professores estão à frente do projeto que ocorre em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade e Senador Canedo. As aulas são ministradas em cada polo uma vez por semana. Todo o conteúdo é distribuído de forma gratuita. O curso se estende até o mês de outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here