Apoio especializado

0
483

A presença do psicólogo educacional ainda não é obrigatória nas escolas, mas é bastante  recomendada por muitos especialistas no assunto. Por se tratar de um profissional especializado nas relações entre os indivíduos, o psicólogo educacional pode contribuir, por exemplo, para a criação de projetos voltados para  a mediação de conflitos, bastante comuns entre jovens estudantes.
Quanto mais pessoas capacitadas na escola, inclusive para atuar em casos de tensão, melhor. Até porque o cotidiano escolar é muito diverso, comporta temas que vão além do repasse e apreensão dos conteúdos curriculares, papel que é de responsabilidade dos professores. Profissionais, aliás, que são insubstituíveis no ambiente escolar, que muitas vezes possuem uma carga de trabalho bastante grande, que pode muito bem ser divida em certos casos.
Para debater a questão ligada a psicologia educacional, esta edição do Escola traz uma entrevista especial com a psicóloga Alba Cristhiane Santana. Ela falou sobre o perfil do psicólogo educacional e a respeito do papel desse profissional do ambiente escolar. Além do assunto, a edição traz uma boa dica para alunos e professores: a abertura das inscrições para o Prêmio Nacional de Educação fiscal. Uma boa leitura!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here