Paulo Garcia visita obras do BRT Norte-Sul

0
578

Prefeitura 1

Iniciadas na última quarta-feira, 20, as obras do BRT Norte-Sul estão a todo vapor. Foi o que constatou o prefeito Paulo Garcia durante visita técnica na quinta-feira, 28, ao primeiro trecho que está sendo executado. “Os 4,5 quilômetros da Praça dos Violeiros até o terminal Rodoviário deverão estar finalizados em até 60 dias”, adiantou o gestor municipal. O prazo contratual para concluir toda a obra, que segue até a Avenida Rio Verde, em Aparecida de Goiânia, é de 18 meses, podendo chegar a 24 meses.

Para Paulo Garcia, os prazos serão respeitados e o corredor deverá ser entregue à população em dezembro de 2016. “Na Avenida Goiás Norte, já estamos na fase de preparação do solo para concretagem. Será usado concreto rígido, que tem tempo de duração muito mais elevado que o asfalto comum. Portanto, com fiscalização, trabalho constante e recursos provenientes da União, penso que o prazo haverá de ser cumprido”, ressaltou, afirmando que a verba destinada à obra, oriunda do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, está garantida: “o contingenciamento federal não deve nos atingir em relação às obras já contratadas”, disse.

Orçado em R$ 242,4 milhões, o BRT Norte-Sul é o maior investimento em mobilidade urbana da história de Goiânia e será executado pelo consórcio formado pelas empresas Isolux, EPC e WVG, vencedor da licitação. O projeto do corredor exclusivo, com 21,8 quilômetros de extensão, prevê a construção de três novos terminais (Correios, Rodoviária e Perimetral), reconstrução dos terminais Isidória e Recanto do Bosque, e adaptação do terminal Cruzeiro. Serão 39 estações de embarque e desembarque com atendimento direto a 120 mil usuários por dia, em 148 bairros de Goiânia e Aparecida de Goiânia.

O itinerário do corredor – que fará a ligação do terminal de integração Recanto do Bosque, na Região Noroeste da cidade, ao terminal de integração Cruzeiro do Sul, na Região Sudoeste, divisa com Aparecida de Goiânia – compreenderá as seguintes vias: Avenida Rio Verde, Avenida Quarta Radial, Avenida Primeira Radial, Rua 90, Praça do Cruzeiro, Rua 84, Rua 82 (Praça Cívica), Avenida Goiás, Praça dos Trabalhadores, Avenida Goiás Norte, Avenida Horácio Costa e Silva, Rua Tapuios, Avenida Genésio de Lima Brito, Avenida dos Ipês, Avenida Lúcio Rebelo, Rua Oriente e Avenida Mangalô.

O prefeito de Goiânia destacou que o BRT Norte-Sul, em sua execução, beneficia a mobilidade urbana de forma completa ao promover ações para usuários do transporte coletivo, pedestres e ciclistas. As calçadas, por exemplo, serão “refeitas, padronizadas com acessibilidade total dentro de critérios ambientais atuais”, pontuou Paulo Garcia. A obra vai resultar em organização do trânsito e proporcionará mais segurança viária, já que todo o trecho vai receber nova iluminação, sensores e câmeras de monitoramento com funcionamento 24 horas.

O gestor municipal assinalou que os corredores preferenciais e exclusivos já implantados na cidade estão tendo repercussão positiva já constatadas em pesquisas e que, por isso, a execução do BRT deverá ser bem aceita pelos usuários. “Temos convicção de que o BRT dá um grande passo no serviço prestacional para o usuário do transporte coletivo, com corredor exclusivo moderno e terminais acessíveis, que dão toda oportunidade para aqueles que utilizam ônibus o realizarem de forma mais adequada e digna, atendendo suas necessidades. Definitivamente, essa obra cria uma nova realidade para o usuário do transporte coletivo”, finalizou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here