Regras definidas

0
584

Aas novas tecnologias de comunicação e informação trouxeram avanços e possibilitaram novas formas de interação entre as pessoas, mas também situações indesejadas. Um exemplo disso pode ser observado a partir do uso do celular em sala de aula em momentos inadequados, uma prática bastante comum, e que prejudica o repasse e apreensão dos conteúdos.
 No caso do celular na escola, quando não há intenção de utilizá-lo de forma pedagógica, cabe a cada instituição orientar seus alunos sobre o quanto esse tipo de dispositivo pode ser inapropriado em sala. Sendo assim, regras são necessárias e precisam ser cumpridas. Por outro lado, fazer uso da ferramenta como instrumento pedagógico é bastante positivo, mas é preciso investir em capacitação docente para que os êxitos ocorram.
Se os dispositivos móveis atrapalham, mas também podem contribuir para o ensino, talvez seja importante que cada escola saiba definir muito bem isso, com projetos pedagógicos que especifiquem quando e como o acessório pode ser utilizado
. Confira mais sobre o assunto acima nas páginas 4 e 5 desta edição, que trazem a opinião de quem vivencia a situação: os professores.  Boa leitura!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here