Jogo zerado em Aparecida

0
650

altair tavaresA cidade de Aparecida de Goiânia vivencia um momento político diferenciado com o governo de Maguito Vilela (PMDB). O prefeito conseguiu, ao longo de dois mandatos, uma boa avaliação e é fato que este é um go­verno realizador que ele­vou o patamar de im­por­tância do município, em Goiás e no Brasil. Quem vai suceder Maguito com a impossibilidade da candidatura dele em 2016?

Uma salada de candidatos, para não dizer saraivada de nomes, está na lista para a disputa do cargo de prefeito de Aparecida de Goiânia. O prefeito Maguito preparou um sucessor? E o eleitor vai atender à orientação que o administrator indicar quando for pedir voto? Não se pode afirmar que há um nome natural nesta disputa, mas é evidente a preferência pelo nome de Euler Moraes, atual secre­tário de Governo de Vilela.

Nos partidos, fora do interesse do gabinete de Ma­guito, o balaio de candidatos tem nomes viáveis e inviá­veis. A lista é grande: Verea­dor Gustavo Menda­nha(PMDB); Leandro Vilela (PMDB, com transferência de domicílio); Ozair José (PT); João Antônio (PSB); Marlúcio Pereira (PTB, mas com um pé no PS); Veter Martins (PHS); Willian Ludovico; João Campos (PSDB); Delegada Cibeli Tristão (PSDB).

Em síntese: Euler Mo­raes contra uma lista enorme de candidatos na base e uma uma lista grande na opo­sição. Euler não é Maguito, é fato, do ponto de vista político. E, ademais, é um nome pesado demais para o atual prefeito carregar na campanha eleitoral. Pela musculatura e o capital político que tem, o atual prefeito pode até construir a vitória de Moraes.

O eleitor de Aparecida tende a ter maiores e melhores expectativas, em termos de governo, pois experimenta uma gestão bem sucedida. Até que ponto os no­mes apontados na lista po­dem representar a ansie­dade eleitoral do aparecidense? É uma grande dúvida.

O eleitor aparecidense é acostumado a mudanças e continuidade. O ex-prefeito Ademir Menezes fez um sucessor desconhecido cha­mado José Macedo. Este não conseguiu reeleição. O próprio Ademir conseguiu uma reeleição, uma eleição pa­ra deputado estadual e derrotas nas eleições seguintes.

O que o grupo de Ma­guito Vilela tem como segurança é a bem sucedida ima­gem do prefeito. Em Apa­recida, ele só conhece vitó­rias. Até fez o filho, Daniel Vi­lela, ser um dos parlamentares mais bem votados do município. Mas, se escolher mal, pode interromper um período bem sucedido. O município tem uma balaiada de candidatos. Na verdade, um jogo que está zerado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here