Kassab não desiste de PL e quer PSD maior que PMDB

0
816

A4 02O presidente nacional do PSD e ministro das Cidades Gilberto Kassab tem trabalhado duro para coletar o restante das assinaturas que falta para a refundação do Partido Liberal (PL). Na quinta, 6, porém, o pessedista levou um duro golpe quando Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou que os líderes do novo partido continuassem apresentando as assinaturas. Desta forma, o PL terá que entrar com um novo pedido de registro, o que impedirá a fusão com o PSD nos primeiros cinco anos da agremiação (de acordo com a nova Lei). De qualquer forma, Kassab ainda não desistiu. Acredita que a Lei ainda pode cair. Se não ocorrer, PSD e PL seguirão atuando conjuntamente como um só partido, mesmo que no papel sejam dois. O objetivo do ministro é criar um partido – ou grupo – que supere o PMDB na Câmara dos Deputados. Hoje com quase 40 parlamentares na Casa, a meta é conseguir cerca de mais 30 deputados com o PL. Assim, o PSD poderia, inclusive, ser um substituto ao PMDB como principal aliado para o governo, já que os peemedebistas vêm sendo, na verdade, a grande dor de cabeça para a presidente Dilma Rousseff.


“Eu não tenho um plano político neste momento. Agora estou apenas auxiliando prefeitos e deputados”

Sandro Mabel (PMDB), ex-deputado federal, em entrevista à Rádio 730;


 

Vantagem
Para Dilma, ter o PSD como principal aliado pode ser muito vantajoso. Além de diminuir a dependência para com o PMDB, a presidente negociaria com uma agremiação com liderança centralizada em Kassab. A existência de diversos grupos dentro do PMDB, hoje, é um dos problemas políticos do Planalto.

No clima
Futuro presidente nacional do PL, o goiano Cleovan Siqueira tem trabalhado lado a lado de Gilberto Kassab no projeto. Ele, inclusive, tem uma sala dentro da sede do PSD nacional com vista para a Esplanada dos Ministérios.

 

Foco nacional
O senador Ronaldo Caiado (DEM) utilizou quase todo o tempo de sua participação no programa Roda Viva na TV Cultura, segunda, 3, debatendo assuntos nacionais e tecendo as costumeiras críticas à presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula. Falou pouco sobre Goiás.

Selva goiana?
Em certa parte do programa, Caiado disse a frase: “O Petrolão de Goiás é a Celg”. O cartunista Paulo Caruso, que faz as charges das entrevistas durante o programa, não entendeu direito e desenhou uma ilustração com Caiado falando a seguinte frase: “O Petrolão de Goiás é a selva”.

Morno
A Assembleia Legislativa reiniciou os trabalhos após o recesso de meio de ano na semana passada. A Casa, porém, economizou matérias polêmicas e as sessões ordinárias não atraíram a atenção de todos os parlamentares.

Críticas
Na quarta, 5, tinha deputado reclamando da pauta de projetos. Quase todas as matérias versavam sobre a concessão de título de utilidade pública a diversas entidades.

Mais calmo
A temperatura política no grupo do prefeito de Rio Verde Juraci Martins (PSD) diminuiu nas últimas semanas. De racha quase certo entre Juraci e o deputado federal Heuler Cruvinel (PSD), o clima agora é de manutenção da aliança.
Mas…
A ferida entre Juraci e Heuler ainda não está cicatrizada. No caso de Juraci e o deputado estadual Lissauer Vieira (PSD) chegarem a apoiar uma candidatura de Heuler a prefeito da cidade, muitos apostam que apoio será apenas formal. De qualquer forma, o cenário está melhor do que há um mês.

Sem perdão
Um carro da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Aparecida de Goiânia (Semma) foi visto estacionado na Rua 2, Centro de Goiânia, na quarta, 5, em vaga da Área Azul, mas sem o talão de estacionamento. Detalhe: já com a multa devidamente preenchida e descansando no pára-brisa do veículo.

Renegociação
A Receita Federal e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) anunciaram os prazos para o chamado Refis da Copa. O prazo para as médias e grandes empresas vai de 8 a 25 de setembro. Pessoas físicas e optantes do Simples terão o período de 5 a 23 de outubro. A consolidação deverá ser feita exclusivamente pelo site da Receita e da PGFN.

De férias
Esse colunista assume esta Linha Direta por duas semanas, enquanto o titular, o jornalista Fagner Pinho, goza de um merecido período de descanso.

 

Prioridade
O presidente da juventude do PSDB, Rodrigo Zani, é um dos nomes apontados como possibilidade para se candidatar a prefeito de Nerópolis no ano que vem. Ele, porém, diz que vai esperar a definição do atual prefeito Fabiano Luiz (PSDB), que pode tentar a reeleição.

É com ele
“A decisão é do prefeito e terá apoio se quiser se candidatar. Posso ser opção, mas apenas no caso de ele descartar concorrer à reeleição”, revela Zani.


Rápidas

 

 

No sábado, 15, ocorre a principal missa que encerra a festa de Nossa Senhora D’Abadia, em Muquém, distrito de Niquelândia. A festa começou na quarta, 5, e é realizada há mais de 260 anos.

A Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) instalou um Centro de Apoio ao Romeiro no quilômetro 14 da GO-237, nos moldes do instalado na festa do Divino Pai Eterno em Trindade, para atender os romeiros que vão até Muquém.
Na terça, 11, será aberta mais uma edição do Festival de Cinema Ambiental (Fica) na Cidade de Goiás. A cerimônia de abertura será realizada às 19h no jardim do Palácio Conde dos Arcos.

Este ano o Fica focará Goiás, com mais produções goianas na mostra competitiva e espaço ampliado para artistas locais na agenda cultural. O Fica 2015 vai até domingo, 16.

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here