Deputado defende corte no salário de faltosos

0
736

A 4 - Coluna Simeyzon Silveira recortarO deputado estadual Simeyzon Silveira (PSC – foto) afirmou que irá apresentar um projeto com pedido de mudança no regimento da Assembleia Legislativa para que a Casa passe a cortar o ponto – e assim o salário – de deputados faltosos às sessões ordinárias sem justificativa, como já é feito na Câmara Municipal de Goiânia. Segundo Simeyzon, os deputados que realmente comparecem à Assembleia e cumprem sua função de forma correta acabam sendo prejudicados por aqueles que não comparecem. “Muitos sequer vêm a Alego durante as sessões. Ficam nas ruas fazendo campanha, enquanto quem está aqui fica prejudicado nas votações. É necessário que a Assembleia implante o corte de ponto para que eles sintam no bolso uma punição, com a redução do salário no final do mês. Muitos não gostarão, mas é algo necessário”, defendeu o parlamentar. Outros deputados como José Vitti (PSDB) e Major Araújo (PRP) também defenderam a mudança em solicitação ao presidente Hélio de Sousa (DEM), que se mostrou favorável à medida.


“Não há dinheiro público, há dinheiro do contribuinte”

 

Ana Carla Abrão, secretária da Fazenda, ao apresentar a Lei de Responsabilidade Fiscal de Goiás;


Não farão falta
O deputado estadual Adib Elias (PMDB) afirma que os prefeitos do PMDB que se filiaram ao PSDB, ou que irão para outros partidos da base aliada do governo, não farão falta ao seu partido: “Fazem parte da pior geração de prefeitos da história de Goiás”.

Quem são?
Os prefeitos peemedebistas que seguiram para o PSDB foram Osvaldo Pinheiro Dantas, de Arenópolis; Márcio Antônio Machado, de Brazabrantes; José de Sousa Cunha, de Porteirão e Francisco Alves de Sousa Júnior, de Terezópolis de Goiás.


Lideranças
O ato de filiação da senadora Lúcia Vânia (sem partido) ao PSB, marcado para ocorrer nesta quarta-feira, 26, na Câmara Municipal de Goiânia, deverá contar com a presença de várias lideranças nacionais da sigla.

Nomes
São esperados deputados federais e senadores, entre eles Heráclito Fortes (PSB-PI) e João Capiberibe (PSB-AP), além do ex-deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) e do presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira.

Presidente
Lúcia Vânia já adiantou que será a presidente regional do partido em Goiás e não negou ser candidata nas eleições de 2018. Detalhe: ela ainda não se decidiu se concorrerá à reeleição ao Senado ou ainda ao governo. A conferir.

Janot
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, participou de reunião ordinária do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais dos Estados e da União (CNPG), em Goiânia, na sexta, 21. O encontro foi presidido procurador-geral de Justiça de Goiás, Lauro Machado Nogueira.

Manutenção
O PSD confirmou a manutenção de Dagoberto Menezes como presidente metropolitano do partido. O deputado estadual Virmondes Cruvinel ficou com a vice, enquanto que o deputado estadual Francisco Júnior ficou com a vice de Vilmar Rocha na presidência regional.
Puxadores
Ainda sobre o PSD, o partido está apostando nos nomes de Valério Luiz Filho; do ex-deputado Frederico Nascimento; do sub-secretário metropolitano de Educação de Goiás, Professor Marcelo, e do padre Sérgio Ricardo para puxarem votos para vereador em Goiânia.

Não!
O presidente da Câmara Municipal, Anselmo Pereira (PSDB), não aceitou que fosse votado o pedido de licença de Álvaro da Universo (PSC), para dar lugar ao segundo suplente, Cleber Dias. Álvaro não poderia pedir licença, segundo Anselmo, pois está no cargo há apenas 15 dias.

Mudanças
Com a iminente ida do vice-governador José Eliton para o PSDB, conforme adiantado por esta Linha Direta ainda no mês de abril deste ano, alguns nomes que deveriam seguir para o PP não irão mais. Alguns prefeitos convencidos por Eliton, por exemplo, seguirão com ele para o PSDB.

Aparecida
Um deles é o vice-prefeito de Aparecida de Goiânia, Ozair José (PT), que recebeu o convite de Eliton, mas que poderá declinar com a saída do vice-governador. Até setembro Ozair disse que se definirá para qual partido seguirá.

PMDB?
Uma das possibilidades é seguir para o PMDB, partido do prefeito Maguito Vilela. Ozair, porém, confidencia que precisa de uma segurança de Maguito, já que tem a pretensão de disputar a prefeitura de Aparecida. “Sem essa certeza, fica difícil ir”, afirma.


Rápidas

 

 

O PMDB define a presidência do diretório metropolitano do partido no próximo dia 12 de setembro. O deputado Bruno Peixoto se manterá no cargo. Já a eleição para a presidência regional da sigla será realizada no dia 24 de outubro.

O deputado estadual José Vitti (PSDB), líder do governo na Assembleia, foi taxativo ao afirmar que o canal de discussão do pagamento da data-base do servidor público será aberto apenas com os poderes
Legislativo e Judiciário.
Já com os servidores do governo estadual, a abertura de discussão ainda não está prevista. Um ponto sem discussão é que, assim que conseguir reajustar a data-base, o pagamento não será retroativo. “Isso é uma decisão sem volta. Não há mais discussão”, diz Vitti.

A deputada estadual Adriana Accorsi (PT) apareceu na sessão de terça-feira, 18, com um terno de cor azul, que fez com que muitos jornalistas se surpreendessem, pois é a cor do PSDB. Ela, porém, disse tratar-se da cor do Grêmio, time para o qual torce.


Macambira-Anicuns
O prefeito Paulo Garcia irá apresentar as obras do Pro­gra­ma Urbano Am­biental Macambira-Anicuns aos deputados estaduais na manhã desta segunda-feira, 24. O comboio sairá da Praça Cívica a partir das 8h. O convite foi feito pela bancada do PT na Assembleia.

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here