Lúcio Flávio larga na frente

0
1280
Lúcio Flávio lidera a pesquisa em todos os cenários

Ronaldo Coelho

Quatro nomes disputam a presidência da Ordem dos Advogados do Brasil – seção Goiás (OAB-GO) nas eleições marcadas para o dia 27 de novembro deste ano. O pleito é disputado pelos advogados Lúcio Flávio, Enil Henrique, Flávio Buonaduce e Paulo Teles. A pouco mais de dois meses para a eleição, o advogado Lúcio Flávio, que representa a oposição ao Grupo OAB forte, que domina a entidade há décadas, aparece como provável vencedor das eleições conforme levantamento feito pela Fortiori, Pesquisa, Diagnóstico e Marketing.
Conforme levantamento da Fortiori feito entre entre os dias 5 e 10 de setembro deste ano, com 384 advogados aptos a votar em 31 cidades do Estado, todas sedes de subseções da OAB-GO, o advogado Lúcio Flávio aparece bem na fente dos concorrentes.
Na avaliação eleitoral de intenção de votos do levantamento espontâneo, onde o entrevistado tem que citar o seu candidato preferido, Lúcio Flávio aparece em primeiro lugar com 10,7% das intenções de voto, seguido por Enil Henrique, o atual presidente da entidade e dissidente do Grupo OAB Forte, que aparece com 5%. Em terceiro lugar vem Flávio Buonaduce, com 4,3%, e, em quarto, Paulo Teles, ex-presidente do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), candidato independente, com 0,7% das intençõs de votos. Outros nomes foram citados por 2,7% dos entrevistados. Dos 384 advogados ouvidos, 74,3% não souberam ou não responderam e 2,3% disseram que vão votar em branco, nulo ou em nenhum deles.

Opositor também é o preferido na capital No levantamento espontâneo, a Fortiori separou os votos por região. No interior Lúcio Flávio aparece em segundo lugar com 5% das intenções de votos e dispara na capital, com 13,5%, ficando em primeiro. Enil Henrique aparece empatado com Lúcio Flávio no interior, com 5%, mas fica longe dele na capital, com os mesmos 5%. Aqui, Flávio Buonaduce vem em primeiro, com 9% no interior, mas perde muito fòlego na capital, ficando com apenas 2% das intenções de voto. Alguns entrevistados, 1% deles, disseram votar na OAB Forte, tanto no interior quanto na capital. Já Paulo Teles não foi citado pelos advogados do interior, mas 1% deles na capital disseram apoiá-lo. Dos que disseram não saber em quem votar ou não responderam, 75% estão no interior e 74% na capital. Nenhum deles, em branco ou nulo são 3% do interior e 2% na capital. Outros nomes foram citados por 2% dos entrevistados do interior e 1,5% da capital.

Líder nos sexos masculino e feminino
O lavantamento espantâneo também separou os entrevistados por sexo. Lúcio Flávio segue na liderança com 12, 2% dos entrevistados masculinos e 7,8% da preferência do eleitorado feminino. Enil Henrique aparece em segundo lugar no eleitorado masculino, com 6,6%, mas tem apenas 1,9% no elitorado feminino. Flávio Bionaduce aparece em terceiro, com 4,1%, no eleitorado masculino e, em segundo, com 4,9% no eleitorado feminino. A OAB-Forte aparece com 2,9% na preferência do eleitorado feminino e nenhum voto no masculino. Paulo Teles foi lembrado por 1% do eleitores masculinos e por nunhum feminino. Dos homens, 73,1% disseram não saber ou não responderam, enquanto que 76,7% das mulheres disseram a mesma coisa. Voto branco, nulo ou em nenhum deles atingiu 2% no eleitorado masculino e 2,9% no feminino. Dos entrevistados, 1% dos homens disseram que vão votar em outros e 2,9% das mulheres disseram a mesma coisa.

Liderança é mantida no levantamento estimulado
No levantamento estimulado foram apresentados dois cenários. Um sem a presença de Paulo Teles, que na época da pesquisa ainda não havia confirmado sua candidatura oficialmente – fez o lançamento oficial no dia 11 de setembro . No segundo cenário o nome dele é colocado como candidato.
No cenário um, Lúcio Flávio, com 28,3% das intenções de voto, mantém ampla vantagem sobre o segundo colocado, Enil Henrique, com 17,7%. Flávio Buonaduce vem em terceiro, com 10,3%, indecisos ou não souberam responder são 40,3%. Outros 3,3% disseram votar nulo, em branco ou em nenhum deles.

Primeira colocação em Goiânia e no interior
Lúcio Flávio é líder também no interior e na capital no levantamento estimluado no cenário em que não aparece o nome de Paulo Teles. Ele está com 24% no interior e 30,5% em Goiânia. Enil Henrique aparece com 20% e 16,5% respectivamente, seguido por Flávio Buonaduce, com 14% e 8,5%. Indecisos ou não souberam responder chagaram a 39% no interior e 42% na capital. Votos nulos, em branco ou em nenhum deles chegaram a 3% no interior e 3,5% na capital.

Tendência é mantida na extratificação
homens/mulheres Lúcio Flávio segue líder com folga nos sexos masculino e feminino, com 26,9% e 31,1%. Em segundo vem Enil Henrique com 17,8% e 17, 5%. Flávio Buonaduce vem em seguida com 10,2% da preferência do eleitorado masculino e 10,7% do feminino. Indecisos ou não souberam responder chegaram a 40,6% e 39,8% no masculino e no femininino, respectivamente. Votos nulos, em branco ou em nenum deles chegaram a 4,6% entre os homens e 1% entre as mulheres.

Mantida a liderança em todos os cenários
No cenário dois do levantamento estimulado Lúcio Flávio segue na liderança com larga vantagem, com 26,3% das intenções de voto, seguido por Enil Henrique, com 16%, Flávio Buonaduce, com 9,7%, e Paulo Teles, com 6,3%. Indecisos ou não souberam responder chageram a 40%, enquanto que os que disseram votar nulo, em branco ou em nenhum deles somaram 1,7%.

Cenário dois: liderança consolidada em Goiânia e no interior

No cenário dois Lúcio Flávio segue na liderança com 20% e 29,5% das intenções de voto no interior e na capital, respectivamente. Enil Henque tem 17% e 15,5%, seguido por Flávio Buonaduce, com 13% e 8%, e Paulo Teles, com 8% e 5,5%. Indecisos ou não souberam responder são 40% no interior e 40% na capital. Os que vão votar nulo, em branco ou em nenhum somam 2% e 1,5% no interior e na capital, respectivamente.

Tendência mantida entre sexos
Lúcio Flávio continua na frente no cenário dois na pesquisa extratificada por sexo. Ele tem 24,4% da preferência dos homens e 30,1% das mulheres. Enil Henrique mantém a segunda colocação, com 16,2% e 15,5%, seguido por Flávio Buonaduce, com 9,1% e 10,7%, e Paulo Teles, com 8,6% e 1,9% do eleitorado masculino e femininino, respectivamente. Indecisos ou não souberam responder somam 39,1% e 41,7%, enquanto que os votos nulos, em branco ou em nenhum deles somam 2,5% entre os chomnes e zero por cento entra as mulheres.

Atual presidente e representante da OAB forte lideram rejeição
No quesito rejeição Lúcio Flávio aparece na ponta invertida da tabela. Ele é o menos rejeitado entre os quatro candidatos. Aqui Enil Henrique aparece com 12,7% da rejeição do eleitorado, seguido por Flávio Buonaduce, com 12%. Em terceiro aparece Paulo Teles, com 5,3% de rejeição. O quarto colocado é Lúcio Flávio, com apenas 4,7% de rejeição. Outros 72% disseram não rejeitar nenhum deles e 0,3% rejeitam a todos e o 0,3% também afirmaram que não sabem ou não responderam.

Enil Henrique e Flávio Buonaduce seguem líderes por regiões
Enil Henrique segue liderando a rejeição por regiões, com 8% e 15% no interior e na capital, respectivamente. Em segundo aparece Flávio Buonaduce, com 7% e 14,5%, seguido por Paulo Teles, com 6% e 5%, e Lúcio Flávio, com 6% e 4% das intenções de votos no interior e na capital, respectivamente. Outros 78% no interior e 69% na capital não rejeitam ninguém, enquanto que 1% no interior e zero por cento na capital disseram não saber em quem votar ou não responderam.

Rejeição mantida na extratificação por sexo
Enil Henrique mantém a liderança da rejeição com 13,7% entre os homens e 10,7% entre as mulheres. Flávio Buonaduce segue em segundo lugar,com 12,7% e 10,7%. Em terceiro aparece Paulo Teles, com 6,6% entre os homens e 2,9% entre as mulheres, seguido por Lúcio Flávio com 6,1% e 1,9% de rejeição entre homens e mulheres, respectivamente. Dos entrevistados, 0,5% do sexo masculino rejeita todos e nenhuma mulher disse rejeitá-los. Outros 69,% de homens e 76,7% de mulheres disseram não rejeitar ninguém. Já 0,5% dos homens e zero por cento das mulheres disseram não saber ou não responderan em quem pretendem votar.


Se a eleição para presidente da OAB -GO fosse hoje em quem o (a) Sr (a)  gostaria de votar?

Espontânea

Lúcio Flávio    10,7
Enil  Henrique    5,0
Flávio Buonaduce    4,3
Paulo Teles    0,7
Outros nomes    2,7
Não sabem/não respondeu     74,3
Nenhum/branco/nulo    2,3

Estimulada – Cenário 1

Lúcio Flávio    28,3
Enil  Henrique    17,7
Flávio Buonaduce    10,3
Indeciso/Não sabem    40.3
Nenhum/branco/nulo    3,3

Rejeição

Enil  Henrique    12,7
Flávio  Buonaduce    12,0
Paulo Teles    5,3
Lúcio Flávio    4,7
Rejeita todos    0,3
Não rejeita nenhum    72.0
Não sabem/Não respondeu    0,3

Estimulada – Cenário 2

Lúcio Flávio    26,3
Enil  Henrique    16,0
Flávio Buonaduce    9,7
Paulo Teles    6,3
Indeciso/Não sabem    40.0
Nenhum/branco/nulo    1,7


 Dados técnicos

Objetivo: Diagnóstico eleitoral a respeito das eleições da OAB, no estado de Goiás.
Metodologia: Pesquisa quantitativa, por abordagem telefônica, com aplicação de questionários estruturados junto à amostra definida da população.

Plano amostral: Universo – advogados votantes no estado de Goiás.

Tamanho da Amostra: 384 entrevistas.

Intervalo de confiança e Margem de Erro: Para um intervalo de confiança
de 95%, a margem de erro máxima é de 4%.
Data da coleta de dados : 05 a 10 de setembro de 2015.

Sistema interno de controle e fiscalização: O trabalho de coleta de dados foi feito por entrevistadores treinados, acompanhados por supervisores, que fizeram uma checagem de 10% dos questionários, como determina as normas para esse tipo de levantamento.

Responsabilidade técnica: Fortiori – Pesquisa, Diagnóstico e Marketing

Cidades pesquisadas: Goiânia, Goiatuba, Ipameri, Itumbiara, Morrinhos, Catalão, Pires do Rio, Caldas Novas, Ceres, Cidade de Goiás, Crixás, Goianésia, Iporá, Itaberaí, Itapuranga, Niquelândia, Porangatu, Uruaçu, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Senador Canedo, Trindade, Inhumas, Quirinópolis, Rio Verde, Santa Helena, Jataí, Mineiros, Cristalina, Luziânia e Formosa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here