Educação ampliada

0
1492
As aulas de violão se destacam na Escola Municipal Buena Vista

Atividades diversificadas como violão, canto coral e dança motivam a participação dos alunos em instituições que integram o Programa Mais Educação em Goiânia

Secretaria Municipal de Educação e Esporte

Todos os dias, cerca de 90 alunos da Escola Municipal Buena Vista, em Goiânia, participam de aulas de violão e canto coral dentro do Programa Mais Educação, do Governo Federal. As aulas têm como objetivo propiciar aos educandos do quarto, quinto e sexto anos, um amplo conhecimento sobre cultura e musicalidade brasileira.
O Projeto é desenvolvido há dois anos e meio pelo professor Júlio Rodrigues Costa, que é monitor do Programa, e tem formação técnica. De acordo com Júlio, as aulas ajudam as crianças a conhecer músicas de qualidade, estimulam o gosto pelos instrumentos e promovem o aperfeiçoamento da música.
Kaio Vinícius Lima Cardoso, 12 anos, entrou no Mais Educação em abril desse ano com o objetivo de aprender a tocar violão.
“Minha família me incentivou a participar do projeto porque em casa eu ficava só sentado no sofá. É a primeira vez que tenho contato com instrumentos como o violão, mas quero também aprender teclado. Aqui eu aprendi que a música tem vários tipos de notas, dependendo do instrumento, as maiores e as menores”, explica o educando.
Anne Mickaelly Pereira dos Santos, 11 anos, aluna do quinto ano, também da Escola Municipal Buena Vista, entrou no Programa no início do ano.
“Eu estou aprendendo músicas novas, fábulas indígenas e a tocar violão. Desde que comecei a participar, evoluí no canto, já que antes eu era muito desafinada. O meu objetivo é tocar músicas novas no violão, cantar músicas em inglês e conhecer instrumentos de percussão e sopro”, destaca.
Assim como o projeto da Escola Municipal Buena Vista, muitas outras instituições, dentre as 120 que aderiram ao Programa Educação na rede municipal de Educação de Goiânia, realizam atividades diversificadas que motivam a participação dos alunos e a aproximação com a comunidade e a escola.

Mais de 23 mil alunos são atendidos com o Programa Mais Educação em Goiânia
Mais de 23 mil alunos são atendidos com o Programa Mais Educação em Goiânia

Programa estimula a sociabilização e autoestima

Aproximadamente 23,4 mil alunos são atendidos com o Programa na Capital. A Escola Municipal José Alves Vila Nova, no Parque Atheneu, conta com o Mais Educação há 5 anos e as ações contemplam cerca de 60 educandos no contraturno escolar, nas oficinas de letramento, dança, informática, recreação e esportes.
Para a diretora da unidade escolar, Maria dos Reis Dias, as atividades desenvolvidas trazem importantes benefícios para os educandos.
“Através das ações diferenciadas, as crianças se sentem cuidadas e também são estimuladas na socialização, integração e autoestima. Além disso, para os pais ou responsáveis que necessitam trabalhar, as crianças ficam maior período na escola”, afirma a dirigente.
Mara Rúbia Guedes Soares é coordenadora do Programa desde 2009 na Escola Municipal Alice Coutinho. A unidade educacional oferece, a cerca de 120 educandos, oficinas de orientação de estudos e leitura, teatro, dança, futsal e recreação e lazer. Segundo a coordenadora, o trabalho oportuniza acesso a atividades que os alunos não poderiam pagar.
“Os educandos com vulnerabilidade social e/ou dificuldade de aprendizagem são os principais participantes do Mais Educação e têm direito a aulas culturais e recreativas como capoeira, música e dança. Outro ganho importante é o favorecer a conquista do grau de autonomia dos alunos em relação à leitura e escrita”, destaca Soares.
De acordo com a secretária Municipal de Educação, Neyde Aparecida, além de ser uma estratégia de ampliação de tempos e espaços, o Mais Educação incentiva projetos e ações da comunidade escolar.
“As ações oferecidas aos alunos representam oportunidades que podem movimentar as escolas e suas famílias, valorizando a cultura da comunidade”, afirma.

Alunos da EM Alice Coutinho se preparam para apresentação da Semana da Pátria
Alunos da EM Alice Coutinho se preparam para apresentação da Semana da Pátria

Escolas têm liberdade para escolher atividades

O Programa Mais Educação integra as ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) e foi instituído por Portaria Interministerial, em 2007, e pelo Decreto n° 7.083, de 27 de janeiro de 2010. É uma ação intersetorial do Governo Federal para ampliar a jornada escolar e a organização curricular, na perspectiva da Educação Integral.
As atividades do Programa são diversificadas. No período de cadastramento ou recadastramento, cada unidade escolar tem a liberdade de escolher a atividade que contemple as necessidades da comunidade dentre os cinco macrocampos listados pelo programa, sendo a Atividade de Orientação de Estudos e Leitura do Macrocampo Acompanhamento Pedagógico obrigatória para todas as instituições.
Além do acompanhamento pedagógico, as escolas podem optar, por exemplo, por uma oficina de vídeo ou até mesmo robótica educacional, dentro do macrocampo “Comunicação, uso de mídias e cultura digital e tecnológica”.
Outras temáticas podem envolver a arte, cultura, educação patrimonial, educação ambiental, desenvolvimento sustentável, esporte e lazer.

Acompanhamento pedagógico é obrigatório para todas as escolas
Acompanhamento pedagógico é obrigatório para todas as escolas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here