Goiás inaugura comércio formal com a Colômbia

0
1022
Vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eleiton: intercâmbio

Da redação

Seminário de apresentação das potencialidades do Estado foi o  mais importante da missão empresarial goiana à América do Sul comandada pelo vice-governador José Eliton

Goiás é o primeiro Estado do Brasil a iniciar um processo de intercâmbio de comércio formal com a Colômbia e o seminário de apresentação das potencialidades do Estado realizado na sexta-feira, dia 2, no Hotel JW Marriott, em Bogotá, está sendo considerado histórico. A avaliação foi feita pelas duas partes durante o evento mais importante da missão comercial e empresarial goiana à América do Sul comandada pelo vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton. O resultado da rodada de negociações entre empresários dos dois países é avaliado como muito positivo.
O seminário contou com as presenças da embaixadora do Brasil na Colômbia, Maria Elisa Berenguer; do ministro conselheiro da Embaixada da Colômbia no Brasil, Juan Pablo Hernandez; do diretor executivo da Câmara de Comércio e Integração Colombo Brasileira, Francisco Solono Suárez; e de Guilherme Bayer, que chefia o Setor de Promoção Comercial da Embaixada do Brasil na Colômbia. Pela parte goiana, a mesa foi composta pelo vice-prefeito, Agenor Mariano; pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Pedro Alves; e pelo superintendente executivo de Comércio Exterior da SED, William Leyser O´Dwyer.
“Goiás é um dos estados mais pujantes em termos de economia, que busca sua internacionalização e que tem visitado vários países”, disse a embaixadora do Brasil na Colômbia, Maria Elisa Berenguer. Ela destacou a postura do governo estadual: “Grande parte deste avanço se deve à boa gestão pública, que sabe aproveitar muito bem os recursos naturais, como também estimular a economia em vários setores”, afirmou.
A embaixadora também elogiou a iniciativa do governo goiano pela visita àquele país. Disse aos participantes do seminário que se tratava de “uma visita muito concreta”. E posicionou o Estado no atual contexto brasileiro: “Mesmo com o momento econômico adverso do Brasil, Goiás está se destacando muito”, concluiu Maria Elisa.
“Abrimos inúmeras oportunidades para alavancar o comércio entre Goiás e Colômbia”, comemorou o vice-governador José Eliton. Ele avaliou como extremamentes positivos os primeiros resultados das negociações. Durante a apresentação, fez um paralelo entre as duas economias e visualizou semelhanças. “Goiás obteve o terceiro maior crescimento do país no primeiro semestre de 2015, a despeito dos efeitos da crise nacional”, observou. “Nosso Produto Interno Bruto cresce acima da média nacional”, disse.

Inova Goiás
José Eliton também destacou a importância do projeto de inovação tecnológica (Inova Goiás), com investimentos iniciais da ordem de R$ 1,1 bilhão. Destacou, ainda, que Goiás possui relações comerciais com 160 países e busca intensificar o processo de internacionalização de sua economia, que passa por amplo processo de diversificação. “Temos inúmeras oportunidades para alavancar o comércio. Somos uma economia que favorece no coração do Brasil”, concluiu.
“Acreditamos que neste seminário aconteceu um ‘eclipse’ que uniu Colômbia e Brasil”, disse o diretor executivo da Câmara de Comércio e Integração Colombo Brasileira, Francisco Solono Suárez. O vice-prefeito Agenor Mariano fez apresentação do perfil de Goiânia ao avaliar que a modernidade da capital de Goiás é semelhante à de Bogotá. Ele defendeu a integração comercial da América Latina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here