Tocantins perde Eudoro Pedroza

0
1570
Eudoro Pedrosa

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Eudoro Pedroza, morreu por volta das 9 da noite deste sábado, 3, em Goiânia (GO). Desde a noite de sexta, 2, ele encontrava-se na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Em fevereiro deste ano Eudoro, que tinha 74 anos, começou a se tratar de câncer no pulmão. Ele deixa a mulher e três filhas.

O velório aconteceu até às 17 horas, quando o corpo de Eudoro foi levado ao Complexo Vale do Cerrado, local onde será cremado nesta segunda-feira, 5. Na próxima sexta-feira, 9, os amigos tocantinenses poderão se despedir numa cerimônia que será realizada às 19h30, na Catedral do Divino Espírito Santo, na praça dos Girassóis, em Palmas. Na ocasião, haverá missa e homenagens.

O amor de Eudoro Pedroza pelo Estado do Tocantins, onde se estabeleceu ainda em 1982, é representado na decisão dos familiares que, em atenção ao desejo do secretário, vão espalhar aqui suas cinzas, mais especificamente nas dunas do Jalapão.

Eudoro Pedroza nasceu em Goiânia e era formado em Direito pela Universidade Federal de Goiás. Além de ser empresário do ramo de bebidas, exerceu a advocacia por mais de 20 anos. Também foi militante no movimento empresarial, tendo sido diretor, vice-presidente e presidente da Associação Comercial e Industrial do Estado de Goiás, além de presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de Goiás. Fundou diversas associações comerciais, incluindo a do então Norte Goiano, hoje Estado do Tocantins.

Eudoro era um dos entusiastas pelo Jalapão, tendo patrocinado através de suas empresas diversos projetos culturais na região. Como secretário de Estado também incentivou e foi autor de diversas ações do governo que visavam incentivar o desenvolvimento da produção e comércio do Capim Dourado pelas diversas associações locais.

Eudoro também construiu o prédio da Associação Comercial e Industrial de Goiás, batizada com o nome de seu pai, Santino Lyra Pedroza. Ele ainda atuou como secretário de Estado da Indústria e Comércio em outras gestões do governador Marcelo Miranda, foi deputado estadual eleito em 1990 e deputado federal em 1996, além de secretário de governo na gestão de Moisés Avelino.

Muito querido entre os integrantes da equipe que comandava na Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur),  ele foi homenageado também pelos servidores, que, em nota, lamentaram a perda e enfatizaram algumas de suas qualidades mais marcantes. “Um exemplo de generosidade, honestidade e humildade, deixa um legado de trabalho e dedicação ao povo do Tocantins. Cada um de nós, que tivemos a honra de com ele conviver e trabalhar, seguiremos com o compromisso e a certeza da continuidade deste legado, pois sabemos que este era o seu desejo. De todos nós, fica o agradecimento mais sincero e em nossos corações, a imensa saudade deste homem honrado e batalhador, que foi, é e sempre será um exemplo a ser seguido”, diz a nota da equipe.

O governador Marcelo Miranda e várias autoridades, dentre as quais os deputados Paulo Mourão (PT) e Wanderlei Barbosa (SD) emitiram notas de pesar pela morte de Eudoro Pedroza. Abaixo, a íntegra da nota distribuida pela assessoria do Palácio Araguaia.

Nota do Governador Marcelo Miranda

Mais que um político extraordinário, Eudoro Pedroza foi um grande empresário e o melhor: tudo o que se pode esperar de um verdadeiro amigo. 
O PMDB perde um grande líder, um exímio mediador, sempre presente, atuante e respeitado na história política do Goiás e do Tocantins. Deixará saudades não apenas no coração dos que tiveram o mérito de conviver com ele. Suas conquistas, feitos, gestos e ações farão parte da história do estado, do povo tocantinense.  Aos familiares, todo o nosso apoio e o nosso mais profundo pesar.

Marcelo Miranda
Governador do Tocantins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here