A sociedade contemporânea e o desenvolvimento saudável

0
942
Aluno: Lucca Felype Adnis Dias Marques 1º ano ensino médio Colégio Dinâmico Professor: Antônio Gomes de Oliveira

Antes mesmo do termo sustentabilidade existir, o filósofo alemão Karl Marx já dizia, em outras palavras, sobre a manutenção do meio ambiente e o consumo consciente. Seguindo essa ideologia, ONGs (Organizações Não Governamentais), como a WWF (Wild word Wild Foundation) e reuniões internacionais, como a Rio +20 e ECO, visam a conservação do ambiente. Mesmo assim, o desenvolvimento não sustentável é comum: fontes de energia não renováveis e excesso de lixo sem um destino apropriado são apenas alguns exemplos desse desenvolvimento errôneo.
O petróleo e seus derivados são muito utilizados em todo o mundo, na fabricação de plástico até combustíveis como a gasolina. Em contrapartida, o seu uso constante e, em excesso principalmente em indústrias e automóveis, pode poluir um ambiente com a liberação de gases tóxicos e fortalecer o efeito estufa. Segundo a IEA (Agência Internacional de Energia), o álcool da cana-de-açúcar emite 89% menos gases tóxicos do que a gasolina.
As fontes de energia não renováveis estão presentes no Brasil e em todo o mundo. O consumo exagerado de luz pode provocar o esgotamento de suas fontes, já que não são renováveis e também prejudicam o meio ambiente. Com o alto consumo de energia, o país será obrigado a construir novas usinas, como a usina hidrelétrica. Desse modo, irá ocorrer desmatamentos e alterações no sistema natural do local da construção.
O lixo em excesso é muito prejudicial ao meio ambiente. Muitas pessoas desprezam a forma de como o lixo deve ser tratado. Uma alta quantidade de lixo depositada em lugares inapropriados, como em ruas, rios e terra, pode poluir a terra, a cidade e os rios, prejudicando toda a biodiversidade, além do alto custo de sua remoção. Em São Paulo, 37% do lixo da cidade estão nas ruas: o gasto da sua limpeza é três vezes maior que ir de porta em porta.
Em síntese, é preciso que o governo construa fontes de energia sustentáveis, como a energia eólica e também influencie a população a participar da coleta seletiva, estabelecendo desconto nas contas de luz, água e impostos em geral. Além disso, é necessário que as empresas fabriquem carros a álcool e a energia, diminuindo assim, a emissão de gases prejudiciais ao planeta. Posteriormente, é preciso que as pessoas pratiquem ações sustentáveis, como jogar lixo no lixo e economizar água, além de influenciar outras pessoas a fazerem o mesmo.


 

Categoria E – Primeiro lugar

Aluno: Lucca Felype Adnis Dias Marques
1º ano  ensino médio
Colégio Dinâmico
Professor: Antônio Gomes de Oliveira

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here