Iris Rezende entra na disputa pelo diretório do PMDB

0
1804

Eleição que definirá comandante do partido está indefinida. Ex-prefeito entra na disputa se aglutinar grupo, mas Daniel Vilela quer disputar

Marcione Barreira- repórter de política

A disputa pelo controle do diretório estadual do PMDB continua. Tudo indica que haverá disputa pelo comando do partido, algo que muitas lideranças dentro da legenda tentam evitar. O deputado federal Daniel Vilela (PMDB) não abre mão de concorrer e, com isso,  o enfrentamento com Nailton Oliveira (PMDB) está sacramentado.
Nos últimos dias, para conter os ânimos, até o ex-prefeito Iris Rezende (PMDB) tentou fazer com que não houvesse disputa lançando sua candidatura em busca de consenso em torno dele, mas nada adiantou. Daniel Vilela pretende manter seu nome na disputa e traz consigo o deputado José Nelto (PMDB), com quem forma chapa.
O processo mostra mais uma vez a clara divisão entre grupos dentro do PMDB. O partido que foi derrotado novamente para o governo do Estado tenta ganhar fôlego e chegar forte em 2018. A ala dos vilelas sabe que o comando do partido é importante para a escolha do candidato em 2018.
Até aqui, os nomes de Daniel Vilela e Ronaldo Caiado (DEM)  estão bem contados dentro do partido. Ronaldo, apesar de pertencer o DEM, goza de importante prestigio dentro do grupo peemedebistas. Os laços se fortaleceram depois da última eleição, em 2014.

Novela
O processo para eleger o sucessor do presidente Samuel Belchior (PMDB) já contou com diversas configurações. Nos primórdios, Daniel Vilela, Sandro Mabel (PMDB), Nailton Oliveira e José Nelto (PMDB) eram os principais concorrentes, sem união entre eles. Conforme a disputa foi se afunilando as alas ganharam corpo.
Na semana passada, em reunião, a chapa do ex-prefeito de Bom Jardim Nailton Oliveira em composição com o empresário Sandro Mabel foi homologada. Com isso, José Nelto e Daniel Vilela formaram outra chapa. Marcada para sábado, dia 24, a eleição foi remarcada para a próxima quinta-feira, dia 29.
Segundo o deputado José Nelto  a solicitação para adiamento da eleição partiu do deputado Daniel Vilela. “O Daniel pediu para mudar. Ele achou que a comissão não está seguindo os passos do regimento do partido”, disse. A reportagem não conseguiu contato com Daniel.

Aborrecido
O peemedebista mostrou descontentamento revelado no último dia 22 ao O Popular. Em declaração ao diário, Daniel Vilela declarou abertamente que membros dentro do partido não querem aceitar sua postulação a presidente do PMDBo. Com isso, na próxima quinta-feira haverá embate dentro da legenda.
Muitos acreditam que é salutar uma disputa interna, entretanto, outros acham que ela poderá causar racha dentro do PMDB. Com sentimento neste sentido, o deputado José Nelto afirmou a reportagem em tom de desanimo. “Acho muito difícil que haja consenso. Hoje há no PMDB uma radicalização”, disse
De todo modo, resta saber agora quem tem mais força. Se o grupo ligado ao prefeito de Aparecida de Goiânia Maguito Vilela (PMDB) ou os correligionários ligados a Iris Rezende. É certo que na próxima quinta-feira o PMDB conhecerá seu novo comandante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here