Tocantins abre discussão sobre política de Assistência Social durante Conferência em Palmas

0
1511
Cláudia Lelis na Conferencia Estadual. Foto: Carlessandro Sousa
Trabalhadores, gestores, usuários, conselheiros e poder público começaram na manhã desta quinta-feira, 29, a X Conferência Estadual da Assistência Social que acontece no auditório Cuíca na Universidade Federal do Tocantins  (UFT). Na ocasião, mais de 170 delegados de 138 municípios do Estado participam do evento de abertura.
A abertura contou com a participação da Banda Sinfônica Estudantil do Tocantins e também com a presença de representantes de várias entidades. Representando o governador Marcelo Miranda, a vice-governadora Claudia Lelis  falou da importância da execução do direito básico da população e do compromisso do governo com a melhoria de vida e ampliação da assistência à população. “Temos  a preocupação de proporcionar à população tocantinense uma vida melhor para todos com política de resgate da autoestima, da geração de emprego, de renda e de oportunidade para nossa preocupação”, disse.
Claudia Lelis ressaltou ainda a importância do trabalho de todos os profissionais da área para o atendimento e proteção social à população dos municípios.
A secretária de Estado do Trabalho e Assistência Social (Setas), Patrícia Amaral, falou dos desafios e do comprometimento do governo com a Assistência Social. “Estamos trabalhando para garantir à população uma política de assistência social voltada para as necessidades dos cidadãos”, frisou.
O secretário Adjunto de Assistência Social do Ministério de Combate á fome, José Dirceu Galão frisou a transformação do assistencialismo para políticas permanentes públicas de assistência social. “A profissionalização da Assistência social mudou a cara do assistencialismo no País”, pontuou.
A principal discussão da Conferência é sobre a consolidação do Sistema Unificado de Assistência Social (Suas)  para os próximos 10 anos. As propostas definidas pelos grupos de trabalho serão encaminhadas para a etapa nacional que acontecerá em dezembro na capital federal. Para o presidente do Conselho Estadual de Assistência Social, Amilson Rodrigues Silva, os dois dias de discussão serão cruciais para o avanço da área. “Reunimos para solidificar as demandas que vêm da base, para que possamos, de fato, ter a garantia dos direitos efetivados”, disse. O evento acontece até esta sexta-feira, 30. (Com Site Agora-TO)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here