Marconi entrega escrituras para famílias de Goiânia e de Aparecida

0
1055
Governador Marconi Perillo, ao lado de Valéria Perillo e autoridades, entrega escrituras na Região Noroeste de Goiânia

O benefício integra programa do governo de Goiás que visa legalizar 15 mil imóveis em todo o Estado

Os 25 anos de espera da costureira Márcia Rosa Jesus Alves, de 55 anos, pela escritura de sua casa de cinco cômodos no Jardim Curitiba tiveram um final feliz  no início da tarde de sexta-feira, dia 6. Sua família foi uma das 300 que receberam das mãos do governador Marconi Perillo o documento de regularização fundiária de suas residências, durante evento na região Noroeste de Goiânia, que contou ainda com a inauguração das obras de um Centro de Educação Infantil (Cmei), uma praça e um centro comunitário, construídos pelo Estado.
As três obras, que totalizam um investimento de R$ 55 milhões do Estado com recursos da segunda edição do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2), foram entregues pelo governador ao prefeito da capital, Paulo Garcia, em ato simbólico. As 300 escrituras, que conferem às famílias do Jardim Curitiba a posse de direito de suas casas, fazem parte do primeiro lote de uma etapa que prevê a regularização de cerca de 2,4 mil nos próximos meses. Nos últimos anos, mais de 8 mil escrituras foram entregues pela Agehab em 11 dos 13 bairros da região Noroeste. Em todo o Estado já foram 15 mil escrituras.
A ação integra o Programa Casa Legal – Sua Escritura na Mão. Marconi frisou a importância do programa para a cidadania: “O programa é uma ação cidadã. As pessoas moram ali, mas só se sentem donas realmente após a entrega da escritura. Ao lado deste programa, temos ainda os programas de melhoria habitacional, desenvolvido em parceria com o governo federal. Estamos beneficiando cerca de 220 mil famílias no Estado. Ano que vem vamos destinar R$ 100 milhões para o Cheque Mais Moradia”.
O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, parabenizou o governador Marconi Perillo e ainda avaliou como positiva a ação. “Em momento de crise econômica, é preciso de gestores responsáveis e planejamento adequado para realizar tudo o que o governo realiza, que são estas obras sociais voltadas, especialmente, para jovens e crianças. Teremos um cuidado especial com este Cmei, que é o 36º entregue na minha gestão. Teremos também um cuidado especial e zelo com todas estas obras que o senhor nos passa, governador”, disse.
Marconi, por sua vez, agradeceu as palavras do prefeito e destacou durante entrevista coletiva que a parceria é fundamental. “Sem a prefeitura não poderíamos ter licenciamento das escrituras e celebrar parcerias como esta do Cmei e centro  comunitário. Ser moderno é ter uma boa gestão administrativa e política. Ter uma boa relação com a presidente e com todas as prefeituras é minha obrigação. Quem ganha são as pessoas. Meu dever como governador é promover parcerias republicanas.”

Jardim Tiradentes
Pela manhã do mesmo dia, o governador Marconi Perillo entregou, em Aparecida de Goiânia, 300 escrituras a moradores do Jardim Tiradentes. O benefício integra a primeira parte do Casa Legal – Sua Escritura na Mão, programa do governo de Goiás para legalizar quatro bairros e escrituras de cerca de 7 mil imóveis no município. “Um momento abençoado”, disse Marconi, em seu discurso às centenas de pessoas presentes no evento, na Rua 3.
Ainda na ocasião, o governador Marconi Perillo entregou um cheque de R$ 6,5 mil ao pastor José Irene do Rego, segunda parcela de um total de R$ 130 mil, para construção de uma creche no setor. Em seguida, foram entregues simbolicamente cinco das 300 escrituras a Eunice Alves Campelo, Márcia Santos de Souza, Clarita Pires Maciel e aos casais Tarcísio Rodrigues, Maria das Graças e Lindaura Luíza e José Francisco. As demais escrituras foram entregues pelos servidores da Agehab, após o encerramento da cerimônia com a presença do governador.
Criado nos anos 1990, o Jardim Tiradentes abriga em torno de 25 mil moradores. Mais de 2 mil imóveis foram construídos em terrenos doados pelo Governo de Goiás. No ano passado, 1.250 famílias assinaram as escrituras, que foram remetidas ao cartório para registro e estão sendo entregues por etapas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here