Conselho Técnico define disputa do Goianão 2016

0
1181
Fotos: Paulo José

GOIANÃO 2016 LANÇAMENTO-FOTO PAULO JOSE 12-11-15 (32)

A reunião do Conselho Técnico definiu as condições que irão envolver a disputa do Goianão 2016. O evento foi realizado na manhã desta quinta-feira (12), no Alpha Park Hotel, em Goiânia, com a participação de representantes dos dez clubes integrantes: Anapolina, Anápolis, Aparecidense, Atlético, Crac, Goianésia, Goiás, Itumbiara, Trindade e Vila Nova.

O Campeonato será disputado entre os dias 31 de janeiro e 8 de maio, com três fases e total de 19 datas reservadas para a competição. Em atendimento ao Estatuto do Torcedor, a fórmula de disputa do Goianão 2016 aprovada, fica valendo também para 2017.

Fórmula de Disputa
Os clubes definiram que a fórmula de disputa será semelhante aos dois últimos anos. Na 1ª Fase as equipes foram divididas em dois grupos de cinco, com os times do Grupo A jogando contra as equipes do Grupo B, no 1º e 2º Turnos. No 3º Turno os jogos acontecem dentro dos respectivos grupos.

A formação dos grupos foi definida de acordo com a classificação no último Goianão deste ano de 2015. Sendo assim, o Grupo A será formado pelo 1º, 4º, 5º, 8º e o Vice-Campeão da Divisão de Acesso; o Grupo B terá o 2º, 3º, 6º, 7º e o Campeão da Divisão de Acesso. De acordo com este critério, os grupos em 2016 ficaram definidos da seguinte forma:

GRUPO A GRUPO B
Goiás EC AA Aparecidense
Trindade AC Goianésia EC
Itumbiara EC Atlético CG
CRA Catalano AA Anapolina
Anápolis FC Vila Nova FC

Ao término da 1ª Fase, se classificam quatro clubes: os líderes de cada grupo e os dois melhores colocados na classificação geral entre os demais. Serão rebaixados os dois clubes de pior campanha no Campeonato, independentemente do grupo a que pertençam. Os dois clubes melhores colocados, exceto Goiás, Atlético e Vila Nova, classificam-se para disputar o Campeonato Brasileiro da Série D em 2017.

Na Fase Semifinal haverá o cruzamento entre os quatro classificados da 1ª Fase. Os confrontos serão definidos de acordo com a campanha que realizaram, independentemente da colocação que obtiveram em seu grupo. De acordo com a classificação geral, jogam 1º colocado x 4º colocado e 2º colocado x 3º colocado. Serão realizadas partidas de ida e volta, com a segunda partida sendo realizada com mando de campo do 1º e 2º colocados.

A Fase Final, que definirá o campeão, será disputada entre os dois times classificados da Fase Semifinal. Da mesma maneira, esta fase será disputada em jogos de ida e volta, em que a segunda partida terá mando de campo da equipe com melhor campanha durante toda a competição.

Os times disputam as Fases Semifinal e Final em igualdade de condições, sem vantagem de jogar por igualdade de pontos e gols. Em caso de igualdade de pontos nessas fases, será levado em consideração o saldo de gols normal das duas partidas. Persistindo a igualdade, a definição dos finalistas e do título do Campeonato, respectivamente, serão conhecidas nas cobranças de pênaltis.

Definições
A data limite de inscrição de jogadores para atuação na 1ª Rodada do Goianão 2016 será a segunda-feira, dia 25 de janeiro. Os mesmos têm até o dia 29 de janeiro para ganhar condição de jogo, ou seja, constarem no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O prazo limite para inscrição de jogadores no Campeonato será o último dia útil anterior ao início do 3º Turno da 1ª Fase da competição, com a publicação de seus nomes no BID.

Por maioria de votos ficou mantida a regra de que os clubes devem relacionar para o jogo no mínimo quatro jogadores com até 22 anos idade, nascidos a partir de 01/01/1994. Também ficou definido pelo Conselho Técnico que em todos os jogos do Campeonato a renda será do mandante, sem excessão.

Participantes
Participaram da mesa quatro representantes da Federação Goiana de Futebol (FGF): Presidente, André Pitta, Vice-Presidente, Ronei de Freitas, Diretor Geral, Leonídio dos Anjos e Coordenador Técnico, Roberto Sampaio. Também participou como convidado o Presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de Goiás (Sinapego), Marçal Filho.

Os representantes dos clubes foram Leandro Ribeiro (Anapolina), José Paulo Tinazo (Anápolis), Wilson Queiroz (Aparecidense), Júnior Mortosa (Atlético), Lucas Pena (Crac), Gustavo Carvalho (Goianésia), Harlei Menezes (Goiás), Raul Jota Santos (Itumbiara), Mauri Rios (Trindade) e Gutemberg Veronez Netto (Vila Nova).

Autor: Ítalo Ramalho
Fonte: Assessoria de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here