Mutirão Fiscal entra em funcionamento e já tem resultados

0
1340
Mutirão de Negociação Fiscal é uma ação da Sefaz e está sendo realizado na Estação Goiânia. Foto: Paulo José/Tribuna

No primeiro dia de atendimento do Mutirão de Negociação Fiscal foram arrecadados cerca de R$ 41 milhões em débitos de contribuintes. Secretária da Fazenda Ana Carla Abrão esteve no local onde está sendo realizada as negociações. Valores podem ser negociados também pela internet.

A Secretaria da Fazenda de Goiás (Sefaz) informa que o contribuinte que quiser regularizar sua situação fiscal durante o período do Mutirão de Negociação Fiscal, também pode aproveitar o desconto de 98% nas multas se optar por pagar pela Internet à vista. O benefício vale tanto para os débitos de IPVA como os de ICMS e ITCD. Para fazer isso, basta acessar o site da Sefaz e clicar no banner principal da página: Mutirão de Negociação Fiscal. Lá, são oferecidos os serviços de emissão de boleto de IPVA, de Dare de ICMS espontâneo, de auto de infração para pagamento à vista e parcelamento.

Secretária da Fazenda Ana Carla Abrão marcou presença no evento. Ação é plano de sua pasta. Foto: Paulo José/Tribuna
Secretária da Fazenda Ana Carla Abrão marcou presença no evento. Ação é plano de sua pasta. Foto: Paulo José/Tribuna

O pagamento com desconto pode ser feito pelo site da Sefaz enquanto durar o Mutirão, até sábado, 21 de novembro, e é uma alternativa para que os contribuintes não enfrentem fila. “Muitos dos que estão aqui no Mutirão poderiam resolver as pendências em casa mesmo”, comenta o supervisor da Gerência de Recuperação de Créditos (Gerc) da Sefaz, Marcos Rogério Pires Barreto.

Descontos podem chegar ao valor de 98% de descontos sobre multas. Foto: Paulo José/Tribuna
Descontos podem chegar ao valor de 98% de descontos sobre multas. Foto: Paulo José/Tribuna

Todos os impostos podem ser pagos online e o desconto está disponível para pagamento à vista para IPVA e ITCD e para parcelamento de ICMS. Para imprimir o boleto, basta ter em mãos o número da placa do veículo, Renavam ou número do processo. Os parcelamentos de ICMS são possíveis desde que a empresa possua certificado digital. Nestes casos, é possível, inclusive, fazer a simulação dos débitos. De acordo com o supervisor da Gerc, grande parte das empresas possuem o certificado digital. “Toda empresa que emite Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)  atualmente tem o certificado digital”, pontua Marcos Rogério Pires.

Para casos de parcelamento de IPVA e ITCD, o contribuinte continua precisando se deslocar ao Mutirão de Negociação Fiscal da Sefaz, na Estação Goiânia, ou em qualquer uma das 11 Delegacias Regionais de Fiscalização no interior. (Goiás Agora)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here