Palmas está entre as cinco capitais brasileiras com o maior numero de endividados

0
1355
Comercio de Palmas
A capital do Tocantins continua entre as cinco do Brasil com as maiores porcentagens de famílias endividadas: 77%. Nos três anos analisados, Palmas se manteve acima da média brasileira que, em 2014, foi de 62%. As informações fazem parte da pesquisa Radiografia do Endividamento das Famílias Brasileiras, realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e traz dados comparativos de 2012, 2013 e 2014, com base em informações do Banco Central do Brasil, do IBGE e da CNC.
No âmbito nacional, Manaus lidera o grupo – junto com Teresina/PI – com a maior parcela da renda mensal comprometida com dívidas (42%), seguida por Boa Vista/RR, com 41%.
A capital do Amazonas também chamou atenção para o volume de famílias que estavam com as contas em atraso em 2014. Entre todas as capitais brasileiras Manaus ficou em primeiro lugar: 42% das famílias entrevistadas estavam inadimplentes, enquanto o índice nacional foi de 19%. Em 2012, cuja média no País havia sido 21%, o município amazonense se aproximou bastante do índice brasileiro, com 24%. No ano seguinte, a inadimplência dos manauaras também registrou percentual maior, com 35% de famílias com contas vencidas.
Ainda sobre a inadimplência, Boa Vista/RR e Macapá/AP ficaram com o terceiro e o quarto lugares no grupo, com 38% e 34%, respectivamente. O destaque positivo nesse quesito foi Belém/PA, que em 2014 reduziu em 33% o número de famílias inadimplentes, com 13% ante 20% em 2013.  Rio Branco/AC também integra o grupo com as menores porcentagens, com 14% das famílias inadimplentes.
Com relação ao valor médio da dívida por família, as sete capitais da região Norte estão abaixo da média brasileira (R$ 1.968). Sendo: Rio Branco (R$ 924), Macapá (R$ 1.267), Manaus (R$ 1.518), Belém (R$ 1.257), Porto Velho (R$ 1.330), Boa Vista (R$ 1.117) e Palmas (R$ 990).
Segundo a pesquisa, a região Norte possui 7,1% do total de famílias brasileiras e concentra 4,7% do volume de crédito do País.
1 – Número de famílias endividadas (porcentual)
Belém – 302.508 (74%)
Boa Vista – 57.760 (70%)
Macapá – 82.126 (70%)
Manaus – 395.066 (72%)
Palmas – 55.476 (77%)
Porto Velho – 91.880 (67%)
Rio Branco – 67.137 (67%)
2 – Parcela l da renda mensal comprometida com dívidas
Belém – 29%
Boa Vista – 41%
Macapá – 31%
Manaus – 42%
Palmas – 33%
Porto Velho – 31%
Rio Branco – 30%
3 – Valor médio de dívida por família
Belém – R$ 1.257
Boa Vista – R$ 1.117
Macapá – R$ 1.267
Manaus – R$ 1.518
Palmas – R$ 990
Porto Velho – R$ 1.330
Rio Branco – R$ 924
4 – Famílias com dívidas em atraso
Belém – 13%
Boa Vista – 38%
Macapá – 34%
Manaus – 42%
Palmas – 8%
Porto Velho – 14%
Rio Branco – 14%
(Com informações Fecomercio/SP)
A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 157 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por 11% do PIB paulista – aproximadamente 4% do PIB brasileiro – e gera cerca de cinco milhões de empregos. (Com Site Agora-TO)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here