Último dia da 1ª Conferência Municipal dos Direitos Humanos acontece em Escola da PUC

0
1258
1ª Conferência Municipal dos Direitos Humanos. Foto: divulgação

Hoje, há atividades durante todo o dia. A partir das 10h15, terá formação dos grupos de trabalho

A Escola de Formação de Professores e Humanidades da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) sedia, hoje (27), segundo e último dia da Primeira Conferência Municipal de Direitos Humanos, uma promoção da Prefeitura de Goiânia via Secretaria de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas (SMDHPA) e entidades da sociedade civil. Na programação, há atividades durante todo o dia, com encerramento previsto para 18 horas.
A conferência tem a proposta de discutir direitos ambientais, econômicos, sociais e culturais, conforme solicitação do prefeito Paulo Garcia, tendo como referência o programa de governo da atual da administração: o desenvolvimento sustentável. “É importante que haja equilíbrio e harmonia entre espaço urbano, meio ambiente e o ser humano, e meu desejo é que as discussões e propostas da desta conferência caminhem neste sentido”, ressaltou o prefeito.

O secretário dos Direitos Humanos, Pedro Wilson, informa que a conferência deseja apontar uma série de políticas afirmativas para a igualdade racial, para pessoas com deficiência física, para a juventude, para o respeito à diversidade sexual. “Não vamos ficar apenas nas proposições, o prefeito Paulo Garcia nos pediu para que abordemos também questões como a violência contra mulheres, jovens, gays; a violência institucional e o problema sério das populações de rua de nossa capital”, disse o secretário.

Programação do dia
8h – Café da manhã
8h às 10h – Credenciamento
8h30 – Momento cultura: Maria Rita Ferreira da Paixão – Arte e Cultura da PUC
9h45 – Desafios dos Direitos Humanos em Goiânia – tema abordado por Pedro Wilson Guimarães, secretário de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas de Goiânia, e Allan Hahnemann Ferreira, da Cerrado Advocacia Jurídica Popular e Rede Nacional de Advogados Populares (Renap)
10h15 – Atividades e debates da Conferência: Formação dos grupos de trabalho
Grupo 1: Afirmação e fortalecimento da democracia, participação política e controle social das políticas públicas de direitos humanos e liberdade de expressão e direito à comunicação
Grupo 2: Educação em direitos humanos e pacto federativo e responsabilidades institucionais
Grupo 3: Garantia e universalização de direitos; Sistema Nacional de Direitos Humanos para implementação da terceira versão do Programa nacional de Direitos Humanos (PNDH-3); enfrentamento da violência motivada por diferenças de gênero, raça ou etnia, idade, orientação sexual, identidade de gênero e situação de vulnerabilidade
Grupo 4: Enfrentamento ao extermínio da juventude negra; enfrentamento à criminalização dos movimentos sociais e defesa dos direitos dos defensores de DH e Memória, verdade e justiça
Grupo 5: Promoção e consolidação da igualdade: desenvolvimento e direitos humanos; compromissos institucionais com as políticas de reparação, ações afirmativas e promoção da igualdade e defesa do Estado laico
Grupo 6: Promoção dos direitos humanos e econômicos, sociais, culturais e ambientais; e estratégias de mobilização e promoção dos direitos humanos
12h – Almoço
13h30 – Intervalo cultural: cantor e compositor Adalto Bento Leal
14h – Retomada dos trabalhos por eixos nos respectivos grupos
16h – Lanche
16h30 – Plenária final
17h30 – Eleição dos/as delegados/as
18h – Encerramento

 

(Prefeitura Municipal de Goiânia)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here