Campanhas de final de ano realizadas nos municípios terão apoio do Estado

0
1444
Sergio do Vale assina documentos que demostram o compromisso do Governo. Foto: divulgação
Com o objetivo de ajudar a aquecer a economia e fomentar as vendas de final de ano, período de grande importância para o comércio, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), assinou na ultima quinta-feira, 26, convênios com entidades representativas da classe empresarial para apoiar a realização de campanhas de final de ano em diversos municípios.
Os convênios, assinados pelo secretário Sérgio do Vale, demonstram o compromisso do Executivo com o fortalecimento da economia dos municípios, garantindo apoio financeiro para as atividades que estão sendo desenvolvidas pelas associações comerciais dos municípios de Tocantinópolis, Dianópolis, Miracema, Miranorte, Paraíso do Tocantins, Colinas e Porto Nacional; e pelas Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) de Gurupi e Palmas.
As entidades contempladas com recursos são aquelas que cumpriram as exigências do Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE) – órgão vinculado à Sedetur – e apresentaram projetos de feiras e campanhas. Este ano, o CDE autorizou a liberação de um montante de R$ 1 milhão para apoio a ações desta natureza, oriundos do Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE).
O presidente da Associação Comercial de Paraíso (Acip), Antônio Carlos Cabral, acredita nessa parceria. “A nossa campanha é direcionada a fomentar o comércio e a geração de emprego, e essa parceria com Governo do Estado vai contribuir para o sucesso desta ação, que já está em andamento”, ressalta.
Outro que destaca na importância da iniciativa do Estado é o presidente da Associação Comercial de Porto Nacional, Wilson Neves. “Recebemos esse convênio com muita satisfação, uma vez que estaremos aquecendo a venda no comércio de Porto e das regiões vizinhas”, considera.
“Esses convênios vão ajudar a desenvolver a economia de forma descentralizada, pois com esse incentivo, os consumidores devem deixar de realizar suas compras fora da sua região ou mesmo do Estado. E isso fortalece a economia e gera mais empregos”, reforça Eremilson Leite, diretor de Desenvolvimento Econômico da Sedetur.(Do Site Agora-TO)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here