Paulo Mourão acompanha viabilização de construção de ponte e duplicação de rodovia Porto-Palmas

0
2033
O deputado Paulo Mourão (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa, tem participado de reuniões com integrantes do governo e representantes da empresa Rivoli, para tratar da construção da ponte em Porto Nacional e duplicação da TO-050, ligando o município à Capital.
Segundo Mourão, a previsão é de que em meados do primeiro semestre de 2016 tenham início as obras da ponte. Já a duplicação da TO-050 será licitada. “São boas notícias para Porto Nacional que vão garantir um processo de produção integrada, fortalecendo as cadeias produtivas, gerando emprego e renda”, classificou.
“Estivemos reunidos com o secretário de Infraestrura, Sérgio Leão, diretor da Rivoli, Mateus, além de dirigentes do laboratório de Engenharia do ITPAC, em Palmas, e são notícias altamente alvissareiras para o processo da produção integrada da soja e do biodiesel, fortalecendo a economia e suas cadeias”, reforçou Mourão.
De acordo com o Deputado, também estão sendo definidas, por orientação do governador Marcelo Miranda, a construção do anel viário que vai contemplar a região norte de Palmas, para melhorar o tráfego e não comprometer o trânsito na Capital, considerando a grande demanda de caminhões de produtos para exportação deslocados da Granol que terão que passar por Palmas.
Conforme Paulo Mourão, serão anunciadas várias medidas que irão fortalecer o processo produtivo do município de Porto Nacional, dando maior desenvoltura ao Estado. “Creio que com esta demanda é mais ainda papel do Estado se modernizar na questão tributária”, afirmou.
O Deputado também afirmou que estará anunciando em Porto Nacional a conclusão de um colégio no setor Vila Nova que está parado há mais de quatro anos. De acordo com o delegado de Ensino no município, Washington Frota, trata-se de uma escola de tempo integral com capacidade para atender 1.500 alunos. “O deputado Paulo Mourão irá destinar uma emenda para que possamos concluir a obra que está entre 40% e 50% construída”, informou.(Do Site Agora-TO)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here