Marconi e Maguito afinam discursos e reforçam parcerias

0
1765
Marconi Perillo e Maguito Vilela mantêm bom relacionamento. Na foto, prefeito mostra vídeo de hospital em construção

Governador e prefeito de Aparecida superam disputas políticas e realizam obras conjuntas no município em benefício da sociedade

Ronaldo Coelho

Ao contrário do que muitos querem e até insistem para que aconteça, o governador Marconi Perillo (PSDB) e o prefeito Maguito Vilela (PMDB) não promovem guerra entre governos e estabelecem parcerias que dão resultados e beneficiam a população de Aparecida de Goiânia.
Como se sabe os dois são adversários políticos históricos no Estado e já até disputaram a eleição de governador em 2002. Sempre estiveram lados diferentes, mas souberam deixar a disputa política somente nos palanques, sem terceiro turno. Com raras exceções, é preciso dizer, tiveram momentos de crise no relacionamento político entre ambos.
Mas no geral sempre se respeitaram, se colocaram acima das cores partidárias como gestores. Os dois são políticos experientes, têm vários mandatos conquistados pelo voto popular. Talvez seja por isto que o hoje governador de Goiás pela quarta vez e o hoje prefeito de Aparecida de Goiânia pela segunda vez se entendam bem e respeitam o espaço de cada um.
Nos últimos encontros públicos Marconi e Maguito têm trocado bastante elogios, sempre realçando a postura e o desprendimento de cada um na defesa dos interesses da sociedade. Foi assim no lançamento do Plano Estadual de Combate à Dengue, na solenidade em que o Ministério das Cidades liberou recursos para Goiás e para Aparecida, na presença do ministro Gilberto Kassab, na inauguração da Agência do Vapt Vupt, no centro de Aparecida, e, mais recentemente, na entrega de escrituras para 500 famílias do Jardim Tiradentes.

Braços abertos
Ao discursar para as famílias, lideranças religiosas, de bairros e políticos presentes na solenidade, Maguito Vilela mandou recado para aqueles que tentam azedar a relação entre ambos. “Aparecida, governador, sempre o recebe de braços abertos porque o senhor vem sempre aqui com as mãos cheias trazendo obras importantes para a nossa cidade. É importante que nós reconheçamos isto, eu como prefeito, o Ozair como vice, os nossos vereadores, os nossos secretários. Estamos aqui para testemunhar e para reconhecer aquilo que o governador tem feito pela nossa cidade e pelo Estado de Goiás”.
Maguito lembrou da inauguração do Vapt Vupt e de outras obras feitas em parceria com a Prefeitura e com o Governo Federal. “O governador tem atendido os pleitos de Aparecida. Outros pleitos estão em execução e serão concluídos na nossa gestão e na gestão do governador”, destacou.
Ainda no seu discurso, em forma de sermão, Maguito pregou que os políticos entendam que é preciso haver união da classe, que precisam esquecer as divergências e as brigas políticas para resolver os problemas do povo. “Nós fomos eleitos para resolver os problemas do povo, os problemas de moradia, de saúde, de educação, os problemas de asfalto, de água, os problemas de esgosto, os problemas que afligem a nossa população. O dia em que o mundo político parar de falar mal uns dos outros e lembrar que o povo elegeu porque precisa de apoio, as coisas vão melhorar neste País”, declarou.
O prefeito lembrou ainda que seu governo sempre buscou parceiras com os governos Federal e Estadual, com os segmentos organizados, as igrejas católica e evangélica, com as comunidades espíritas e com os clubes de serviço. “Eu sempre defendi isso. Nós temos que fazer parceira e Aparecida hoje é a cidade no Brasil que mais tem união e parcerias. Aqui, governador, nós recebemos todas as autoridades de braços abertos. Aqui ninguém usa microfone para falar mal do outro. Aqui nós queremos a união de todos. É por isso que a administração aqui tem dado certo. É por isso que muitas obras tem chegado e ainda vão chegar em Aparecida”.

Objetivo
Por sua vez, o governador Marconi Perillo retribuiu às palavras de Maguito e exemplificou outra parceria bem sucedida no município, entre Estado, União e Prefeitura, na construção de 813 apartamentos no Buriti Sereno. “Todo esse trabalho tem um objetivo: promover as pessoas, os cidadãos para que tenham vida mais digna”, frisou.
O governador agradeceu também ao prefeito e aos vereadores pelas parceiras no município. “Eu assino embaixo do que o prefeito Maguito Vilela falou. Nós estamos investidos do poder e precisamos nos unir para fazer o bem para as pessoas”.
E acrescentou: “Eu e o prefeito Maguito já disputamos o governo do Estado um contra o outro em 2002 e nem por isso deixamos de trabalhar juntos quando eu virei governador e ele prefeito de Aparecida. É assim que tem que acontecer. Nós nos juntamos e podemos fazer mais pelas pessoas. Eu agradeço muito, prefeito, a forma hospitaleira, a forma como o senhor defende a nossa parceria, inclusive publicamente, como aconteceu hoje na Rádio Mil, em Goiânia. Essas coisas marcam a gente. Eu tenho certeza que sou feliz por isso”.

Nas campanhas
Marconi Perillo e Maguito Vilela mantém o mesmo comportamento de respeito entre ambos também durante as campanhas eleitorais. Em 2008 e 2012, quando Maguito foi candidato a prefeito de Aparecida, Marconi  fez campanha respeitosa, sem agressão, para seus candidatos, no caso Marlúcio Pereira e Ademir Menezes.
Já nas campanhas de 2010 e 2014 foi a vez de Maguito retribuir a Marconi, respeitando e garantindo espaço para que ele fizesse campanha no município sem ataques ou agressões verbais dos dois lados.


Assembleia teve média de 10 processos apreciados por dia no ano de 2015

O balanço das atividades legislativas do Parlamento goiano mostra que 2015 foi um dos anos mais produtivos da história. Os deputados avaliaram 3.643 proposições ao curso das sessões legislativas realizadas nos últimos 12 meses. Isso equivale a 10 matérias apreciadas por dia. O resultado contabiliza matérias de iniciativa parlamentar, da Governadoria, Ministério Público, Tribunais de Contas e Tribunal de Justiça.
Entre janeiro e dezembro de 2015, foram apreciados um Projeto de Emenda Constitucional, 212 vetos e 165 projetos de lei da Governadoria. Os demais órgãos enviaram oito proposituras de lei para discussão e votação no Parlamento estadual. Todas as sessões ordinárias foram abertas.
As matérias de iniciativa parlamentar demonstram alta produtividade. Foram 360 projetos de lei apresentados, o equivalente a um por dia. Ao total, foram propostos 2.785 requerimentos, uma Proposta de Emenda Constitucional, dois pareceres contrários da Comissão de Tributação, Finanças e Orçamento e 100 pareceres contrários emitidos pelos relatores na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ).
A Mesa Diretora encaminhou nove projetos de resolução em 2015. Entre as matérias, estão a que cria regras para viagens de deputados, a que estruturou o Comitê e o Código de Ética, e a que trata da criação do conselho gestor e de avaliação funcional dos servidores.
Presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Helio de Sousa (DEM) afirmou que as metas esperadas em relação à atividade parlamentar foram alcançadas. De acordo com ele, os debates, de maneira geral, demonstraram amadurecimento da Casa.
“Tivemos, durante este ano, a abertura de todas as sessões ordinárias. Tivemos média de quorum parlamentar acima da média histórica. Entendo que há uma responsabilidade muito grande dos senhores deputados para que se busque a credibilidade do Parlamento. Tivemos momentos conflitantes, mas creio já estar superado”, afirmou Helio de Sousa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here