Educação Municipal inicia nesta terça ano letivo de 2016

0
1148
Volta às aulas

Durante abertura será lançado o projeto Volta às aulas sem Aedes com o objetivo de orientar alunos e servidores

A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) começa mais um ano letivo nesta terça-feira, 19, às 8 horas. A abertura oficial contará com a presença da secretária Neyde Aparecida, que dará as boas vindas às crianças e servidores da Creche Assunção, localizada no Residencial Morada do Bosque, próximo ao Conjunto Itatiaia.

De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN), o calendário escolar 2016 prevê que 200 dias letivos sejam cumpridos nas 171 escolas, 135 centros municipais de Educação Infantil (Cmei) e 52 unidades conveniadas com a Prefeitura de Goiânia. “Que seja um ano de muito aprendizado para os nossos alunos. Que o bem-estar dentro das unidades educacionais seja prioridade para todos. Certamente será mais um ano de grandes conquistas, assim como foi 2015”, afirma a secretária, Neyde Aparecida.

Entre os dias letivos estão previstos os 30 dias de julho de férias coletivas. Feriados nacionais, datas comemorativas e eventos, como Jornada Pedagógica, Jogos Educacionais, Festival de Arte-Educação, Semana da Educação da Paz, Simpósio de Educação e Tecnologia, Encontro de Educação Ambiental e outros, também já estão agendados.

Neste ano, cerca de 128 mil alunos integram a Rede Municipal de Educação de Goiânia nas modalidades: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Adolescentes, Jovens e Adultos (Eaja). Foram oferecidas 42 mil novas vagas em toda a rede. Deste total, 13 mil vagas foram para a Educação Infantil. “Seguimos com o desafio de atender a demanda das famílias que buscam por vagas nos nossos Cmei. Sabemos das necessidades e estamos em constante busca por ampliações, construções de novas unidades e novos convênios”, ressaltou Neyde Aparecida.

Volta às aulas sem Aedes

Além da abertura do ano letivo, a SME, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), lança o projeto Volta às aulas sem Aedes. O objetivo é alertar e orientar alunos, servidores e pais quanto às medidas de prevenção à Dengue, Chikungunya e Zika Vírus. O projeto prevê ações a serem desenvolvidas ao longo do semestre. Agentes de saúde, conforme cronograma, visitarão as unidades educacionais do município com o objetivo de vistoriar e acabar com possível focos e criadouros do mosquito.

“Tem sido uma preocupação geral na nossa sociedade. Acreditamos no processo de conscientização da população quanto às condições de proliferação. Então, estamos nos empenhando neste primeiro momento para que todos fiquem atentos e saibam como lidar com esse momento de alerta e para que nossas unidades educacionais colaborem com essa questão”, ressalta Marcos Pedro, diretor pedagógico da SME.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here