MAC Goiás abre duas exposições simultâneas

0
6786
Octo Marques é outro goiano que terá suas obras expostas

O Museu de Arte Contemporânea (MAC) de Goiás, da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), abre a programação de 2016 com duas mostras simultâneas: Cenas da arte brasileira nas coleções MAC Goiás – gravuras e desenhos e Experiências, memórias e identidades – artistas goianos no acervo MAC Goiás. As duas exposições serão abertas nesta terça-feira, dia 19, às 20 horas, e ficam em cartaz de 20 de janeiro a 24 de abril.

A curadoria é de Gilmar Camilo. A primeira exposição, Cenas da arte brasileira nas coleções MAC Goiás, será na Galeria D.J. Oliveira e é constituída por artistas nacionais que se destacaram nos gêneros gravura e desenho, como Alfredo Volpi, João Câmara e Tarsila do Amaral.

O conjunto de gravuras da exposição é uma das mais significativas coleções que integram o acervo do museu. O curador propõe um olhar sobre as diferentes técnicas de gravura, como água forte, ponta seca, serigrafia e litografia, mostrando como esses artistas consolidam um panorama da gravura brasileira e da arte sobre papel produzida no Brasil. Entre os 75 trabalhos, gravuras e desenhos, se destacam 13 gravuras de João Câmara, da série Cenas da vida brasileira, que inspirou o título da exposição.

Artistas goianos
Já a segunda exposição Experiências, memórias e identidades, será na Galeria Cléber Gouvêa. A mostra faz um recorte da coleção de arte goiana do MAC, num panorama da produção de 1967 à 2015, abordando a contribuição destes artistas para as artes plásticas em Goiás e as diversas experiências que seguiram.

cto Marques é outro goiano que terá suas obras expostas
cto Marques é outro goiano que terá suas obras expostas

Integram a exposição 24 nomes consagrados em Goiás. Composta por 50 obras, a exposição começa com a década de 1960, como é o caso de Octo Marques e Valdelino Lourenço, que exaltam a paisagem urbana da cidade de Goiás; a série de negros de Nazareno Confaloni da década de 1970; os retratos e as paisagens expressionistas de D.J. Oliveira, as grandes pinturas de Cléber Gouvêa, também dos anos 1970; a geração de 1990, Juliano Moraes e Luiz Mauro; e a obra mais recente da exposição, a do artista Pitágoras, produzida em 2015.

Para as exposições abertas simultaneamente, foi desenvolvido pelo MAC Goiás um projeto de arte educação, com visitas guiadas, mediações e ações educativas com várias atividades direcionadas aos coordenadores, professores e alunos da rede de ensino pública e privada. Visitas podem ser agendadas pelo telefone (62) 3201-4918.  O MAC fica aberto de terça a sexta-feira, das 10 às 18 horas, e nos sábados e domingo, das 12 às 19 horas. O MAC fica no Centro Cultural Oscar Niemeyer, na Avenida Deputado Jamel Cecílio, nº 4.490, Setor Fazenda Gameleira, em Goiânia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here