Eficiência da polícia

0
1406

A polícia mais eficiente não é aquela que consegue desvendar crimes e prender os autores. É verdade que isso é um tipo de eficiência, mas não a desejável. A polícia eficiente é aquela que consegue evitar crimes, preveni-los. Portanto, a elucidação de um crime pode até ser aplaudida, mas sempre será um ato manchado pelas lágrimas das vítimas.
A polícia goiana prendeu, três dias após o terrível crime, a suspeita de ser autora da morte da estudante Nathalia Zucatelli, de 18 anos de idade. Segundo os policiais, o crime foi cometido por Natália Gonçalves de Souza, 20 anos, autora do disparo e que tem o mesmo nome da vítima.
Além de Natália Gonçalves, dois homens estão envolvidos no crime: o motoboy que pilotava a moto no momento do crime, Matheus Queiroz Aguiar, de 21 anos e que ainda está foragido; e Fernando Rodrigues Junior, de 27 anos, que é o dono da arma de fogo usada por Natália Gonçalves e que também foi preso.
Nathalia Zucatelli, que sonhava de ser médica e estava saindo do cursinho no Setor Marista, foi morta na noite de segunda-feira, dia 22, atingida por um tiro que transfixou seu coração, ao ser abordada pelos algozes, que estavam em uma motocicleta. Segundo a polícia, Natália Gonçalves confessou que a arma estava engatilhada e atirou porque quis. Natália declarou à polícia que estava precisando de dinheiro e por isso cometeu o crime. Neste mesmo dia, ele já havia cometido outros dois roubos. Ela tem passagem por receptação e foi solta em setembro do ano passado.
A polícia poderia ter evitado o assassinato de Nathalia Zucatelli? Sim. É possível. Basta pensarmos que com mais policiais na rua, naturalmente há menos criminosos à solta, muito menos em bairros nobres. Numa situação dessa, quando o aparato policial é presente e funciona, os criminosos ou diminuem suas ações, ou mudam de ramo, ou migram para outra região… Em ambos os casos, provavelmente não ousariam roubar e matar uma estudante nas proximidades da escola.
Mas os criminosos provavelmente, caso não fossem parados pela polícia, fariam uma vítima, em outro bairro de Goiânia, talvez um setor mais afastado, e levaria a dor e a tristeza eterna a um pai, uma mãe, parentes e amigos de outra Nathalia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here