Coronel Sílvio Benedito pode entrar na corrida sucessória em Aparecida

0
1514

Agora com liberdade para atuar na política partidária, o ex-comandante-geral da Polícia Militar de Goiás, coronel Sílvio Benedito Alves, deve se filiar a um partido político, provavelmente ao PSDB de Aparecida de Goiânia, presidido no município por sua esposa, Iracema Borges. O coronel Sílvio Benedito é sembre lembrado em Aparecida como bom nome para concorrer a um cargo eletivo por ter dedicado a maior parte da sua carreira profissional ao município. Mesmo sendo novato na política, ele é cortejado por vários partidos para a vaga de candidato a vice-prefeito. Em conversas reservadas, o ex-comandante da PM sempre manifestou o desejo de servir à comunidade aparecidense através de um mandato popular e também nunca escondeu seu desejo de ser prefeito do município.


 

“A prorrogação da prisão temporária de João Cerqueira de Santana Filho, Monica Regina Cunha Moura e Maria Lúcia Guimarães Tavares é justificável”

Juiz federal Sérgio Moro ao prorrogar a prisão temporária do marqueteiro do PT, da sua esposa e da funcionária da Odebrecht investigados na Operação Lava Jato


Coisas da política
Já corre por aí que o governador Marconi Perillo estaria rifando a candidatura de José Eliton em 2018 oferecendo a ele um presente de grego ao tirá-lo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED), órgão que trata de assuntos macroeconônicos importantes e projeta seu gestor, e colocá-lo numa pasta complicada e que só acarreta desgastes como a Secretaria de Segurança Pública.

Pois é!
Corre também que o deputado federal Thiago Peixoto, que pensa em disputar o governo em 2018, teria sido beneficiado nesse troca-troca de Marconi ao tirá-lo da Secretaria de Planejamento e Governo (Segplan), pasta muito burocrácia, e colocá-lo na SED onde estava José Eliton.


Em silêncio
A crise da Segurança Pública em Goiás fez silenciar durante toda a semana que passou o barulho em torno da pré-campanha do deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB) a prefeito de Goiânia. Nome oficial do partido, Vecci se manteve em silêncio e fora do foco da mídia nesses dias.

Também pudera
Dados da Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO) mostram que o número de assassinatos, por exemplo, cresceu quase 34% de 2011 a 2015. Foram 1.984 assassinatos registrados em 2011 contra 2.651 homicídios no ano passado, sem falar no aumento de outros tipos de crimes como roubos a residências e assalto à mão armada contra a população em geral.

Mudança no comando
Um dia depois de sua posse como secretário de Segurança Pública, José Eliton Figuerêdo anunciou na tarde de sexta-feira, dia 26, nas redes sociais, o nome do coronel Divino Alves de Oliveira como novo comandante-geral da PM, em subsituição ao coronel Sílvio Benedito Alves, e do coronel Sílvio Vasconcelos Nunes como o chefe do Estado Maior Estratégico,em substituição ao coronel Victor Dragalzew Junior.

Novo diretor da PC
Já o delegado Álvaro Cássio dos Santos, que estava na 2ª Delegacia Regional de Anápolis, assumiu como diretor-geral da Polícia Civil, em substituição ao delegado João Carlos Gorski. O coronel Edson Costa Araújo foi mantido na Superintendência Executiva da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária.

Modelo atrasado
Pré-candidato a prefeito de Goiânia, Vanderlan Cardoso (PSB) usou as redes sociais na madrugada de quinta-feira, dia 25, para criticar a gestão de Paulo Garcia (PT). “Nossa capital precisa retomar o desenvolvimento que há muito tempo se perdeu devido a sucessivos modelos administrativos atrasados, adotado pela atual aliança partidária que governa Goiânia”, disse.


Contra a sociedade
Deputado federal Delegado Waldir Soares (ainda no PSDB) disse, via Facebook, que os parlamentares encontram dificuldades para aprovar leis que defendam a sociedade e endurençam as penas em casos de crimes contra o patrimônio. “pra pedir votos, os deputados procuram o cidadão de bem, pobre, humilde e classe média… mas aqui se deixar, votam contra os interesses da sociedade…”

Consignado
Com a migração das operações financeiras da Prefeitura de Goiânia do Banco do Brasil (BB) para a Caixa Econômica Federal (CEF), os servidores do município poderão fazer empréstimo consignado por até oito anos. Hoje, o período máximo permitido é de cinco anos.

Fidelização
A ampliação do prazo, no entanto, será restrita aos servidores que mantiverem o recebimento de salário pela CEF. Para fidelizar os servidores, o banco ainda não cobrará tarifa de conta corrente, anuidade de cartão de crédito, emissão de contracheque e saques. Também reduzirá os juros para financiamento de casas e carros.

Novas contas
Cerca de 35 mil funcionários da prefeitura terão que abrir conta na CEF entre os dias 7 e 25. Os outros 11 mil já são clientes do banco e só precisarão esperar o dinheiro cair na conta no dia 31 de março.

Terrorismo fiscal
Vereadores de Aparecida de Goiânia defendem alteração da lei nº 3.018 / 2012, que prevê gratificação por produtividade aos fiscais da prefeitura. Para eles, tem havido um “terrorismo fiscal” contra os contribuintes aparecidenses como forma dos fiscais aumentarem seus ganhos.

Calmaria
Depois da convenção estadual, o PMDB de Goiás vice momentos de calmaria, pelo menos aparentemente. Presidente regional do partido, Daniel Vilela percorre o Estado reestruturando a legenda.

Sumido
Pré-candidato a prefeito de Goiânia, Iris Rezende mantém-se discreto depois da convenção estadual do PMDB. Quem apostou num racha na legenda se enganou e Iris é unanimidade no partido para disputar a prefeitura de Goiânia.

Sem motivação
Thiago Peixoto (PSD) negou qualquer motivação política em sua transferência da Secretaria Estadual de Gestão e Planejamento (Segplan) para a Secretaria Estadual de Desenvolvimento (SED). Durante posse no novo cargo, ele garantiu que o candidato natural da base do governador Marconi Perillo (PSDB) é José Eliton (PSDB), que deixou a SED para assumir a Segurança Pública.


Fusão
Novo secretário de Desenvolvimento Econômico de Goiás, Thiago Peixoto assume a pasta promovendo mudanças na gestão dos programas do governo.  Ele informou que fará a fusão entre dois programas-chave: o Inova Goiás e o Goiás Mais Competitivo.
2018 é agora
As pílulas do PMDB no rádio e na televisão estão sendo utilizadas para desconstruir a imagem de bom gestor do governador Marconi Perillo (PSDB). Ao mesmo tempo propõe à sociedade o novo do novo, escancarando a imagem do deputado federal Daniel Vilela como opção para os goianos.


Ex-deputado estadual e ex-diretor-geral da Polícia Civil, o nome do delegado Marcos Martins Machado chegou a ser cogitado para assumir a Secretaria de Segurança Pública.

Novo diretor-geral da Polícia Civil, Álvaro Cássio dos Santos, além de delegado regional de Anápolis, já foi delegado regional de Aparecida e superintendente de Polícia Judiciária da SSP-GO.

Contrato com a Caixa Econômica Federal para administrar a folha de servidores vai render R$ 46 milhões aos cofres da prefeitura de Goiânia, valor referente à exclusividade de serviços em 60 meses.

Deputado estadual Mané Oliveira (PSDB) é mais uma vítima do mosquito Aedes aegypti. Ele foi internado com dengue, teve quadro de desidratação e ficou em repouso absoluto. Já passa bem.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here