Caixa já regularizou quase 12 mil contas de servidores da prefeitura

0
1722

Quem ainda não regularizou sua conta na Caixa, de segunda a sexta-feira, deve dirigir-se a uma das 37 agências da Grande Goiânia que funcionam em horário excepcional, das 10 às 19 horas, com atendimento exclusivo ao funcionalismo municipal a partir das 16 horas. No próximo sábado, 19, as unidades do banco também estarão abertas das 10 às 15 horas para atender apenas os servidores da prefeitura.

Em seis dias, 11.554 servidores públicos da Prefeitura de Goiânia compareceram às agências da Caixa Econômica Federal (CEF) para regularizar contas bancárias previamente abertas na instituição. A medida faz parte da nova gestão dos serviços financeiros e bancários demandados pela administração da Capital, que desde o último dia primeiro são operados exclusivamente pela Caixa. Até o próximo dia 25, cerca de 35 mil funcionários devem procurar as unidades de Goiânia, Aparecida, Senador Canedo, Goianira, Guapó e Nerópolis para validar as novas contas. Em março, os salários de todos os 46,6 mil trabalhadores do Município, ativos e inativos, serão pagos exclusivamente pela CEF, novo banco oficial da prefeitura. Até fevereiro, 25% dos servidores da Capital já tinham contas ativas na Caixa e, por isso, terão transição salarial automática.

“Mais de 33% dos servidores que precisam ter conta na Caixa até dia 25 foram ao banco na primeira semana do processo de migração. É um bom desempenho, mas os funcionários precisam se atentar que não é bom deixar para última hora. Evitar tumulto, picos de atendimento, é melhor para todos, para os servidores, para a prefeitura e para a Caixa”, avalia o secretário municipal de Finanças, Jeovalter Correia. Só no último sábado, 12, as agências da Caixa regularizaram cerca de duas mil contas dos servidores.

“As nossas agências suportaram bem o atendimento, mas queremos sensibilizar os servidores sobre a importância da regularização desse cadastro o quanto antes”, afirma o gerente-geral da CEF, Thiago Araújo. De segunda a sexta-feira, 37 agências da Grande Goiânia funcionam em horário excepcional, das 10 às 19 horas, com atendimento exclusivo ao funcionalismo municipal a partir das 16 horas. No próximo sábado, 19, as unidades do banco também estarão abertas das 10 às 15 horas para atender apenas os servidores da prefeitura. “Os nossos gerentes estão preparados para disponibilizar aos servidores não apenas o salário, mas todo um pacote de benefícios que contempla a negociação feita pelo prefeito com a Caixa. Os servidores têm que fazer uso de todos esses benefícios porque a pedra preciosa, o objeto maior dessa negociação não é a cifra envolvida, são as pessoas”, continua Thiago. A Caixa também mantém uma unidade móvel instalada na Arena de Eventos do Paço Municipal com a função de esclarecer dúvidas do servidor municipal.

Para saber em qual das unidades da Caixa deve comparecer, basta a cada servidor acessar o hotsite disponível no portal da prefeitura. Por meio do número de Cadastro de Pessoa Física (CPF), é possível saber o endereço onde deve comparecer, quais os documentos levar, telefone de contato e gerente responsável pelo atendimento. Ainda é possível tirar dúvidas e ter acesso à lista de benefícios oferecidos pela Caixa com esse novo relacionamento. Servidores que mantiverem o recebimento do salário na Caixa terão um amplo pacote de vantagens, incluindo isenção de tarifas de serviço de conta-corrente e anuidade de cartão de crédito, ampliação de 60 para 96 meses do prazo limite para empréstimo consignado, redução de juros para financiamento habitacional e automotivo, entre outros.

“Os funcionários da Caixa estão sensibilizados no sentido de atender bem os servidores. Estão dispostos não apenas a entregar o cartão bancário, mas a realizar o sonho de casa própria, realizar diferença de negociação no consignado, reduzir parcelas ou, pelo menos, batalhar por isso. O prefeito Paulo Garcia foi arrojado na negociação, trabalhando com esse modelo de cesta gratuita e com a isenção de anuidade do cartão, inaugurando um novo modelo aqui. Os benefícios dados a Goiânia não correspondem a um modelo que acontece na Caixa no Brasil. Esse modelo é fruto do arrojo, da negociação da prefeitura”, acrescenta Thiago.

Ainda este mês, a Caixa instalará 25 caixas eletrônicos em órgãos da prefeitura, um posto de atendimento temporário e uma mini-agência no Palácio das Campinas Venerando de Freitas Borges (Paço Municipal). Ainda haverá mini-agência na Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) e na sede de outro órgão, ainda indefinido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here