Feira Socioambiental conscientiza estudantes

0
3929
Alunos tiveram oportunidade de trocar óleo de cozinha por produtos biodegradáveis

Daniela Rezende e Luiz Fernando Hidalgo

Com o tema “Água: um recurso ameaçado”, atividades no Parque Zoológico de Goiânia foram voltadas à orientação e mudanças de atitude

Mais de 1,5 mil educandos da Rede Municipal de Educação participaram na última semana, entre os dias 16 a 18 de março, da 1ª Feira Socioambiental 2016, no Parque Zoológico de Goiânia. Com o tema “Água: um recurso ameaçado”, os alunos visitaram o local durante todo o dia e se integraram às oficinas pedagógicas, desenvolvidas pelos educadores ambientais.
Durante a Feira, crianças e adolescentes passaram por estações, cada uma com ações diferenciadas. Palestra sobre reutilização e consumo da água, troca de óleo de cozinha usado por produtos de limpeza biodegradáveis, plantio de mudas na nascente do córrego Capim Puba e dinâmica são algumas foram algumas das atividades desenvolvidas pela equipe com os educandos.
“As edições da Feira Socioambiental tem como objetivo proporcionar conhecimentos que possibilitem aos visitantes e alunos mudanças nas atitudes. Nesta primeira de 2016, o intuito foi refletir sobre consumo consciente da água, conservação e a preservação das nascentes e mananciais”, afirmou Marcos Pedro da Silva, diretor pedagógico da SME.
Na Escola Municipal José Alves da Vila Nova, o trabalho pedagógico sobre o tema já havia sido iniciado e com a visita ao Zoológico, os educandos continuaram as discussões sobre o meio ambiente.
“Com todos essas atividades, vamos ficando mais conscientes de que a água doce no mundo inteiro depende da conservação das plantas, porque são as raízes das árvores que levam a água para o subsolo”, afirmou Adrielly Vargas Machado Fonseca, 10 anos.
Para o colega André Martins Silva, 9 anos, aluno da mesma instituição educacional, a situação requer mais empenho de todos.“É muito legal fazer avisita aqui no Parque Zoológico e conhecer mais sobre a natureza. Com relação a água, a coisa é mais séria e temos que mobilizar o máximo de pessoas para preservar os mananciais. Isto é uma questão de sobrevivência” concluiu.

Feira
A Feira Socioambiental é realizada desde 2015 pela equipe de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), em parceria Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul). Já abordou temas que envolveram tráfico de animais silvestres, resgate cultural em prol de ambientes sustentáveis, descarte correto do lixo, entre outros.
De acordo com Alesandra de Paula, apoio técnico pedagógico da Gerência de Projetos Educacionais da SME, os eventos visam conscientizar os alunos. “Acima de tudo, é uma maneira de trazer a problemática do meio ambiente de forma lúdica, interativa e com orientação”, ressaltou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here