Daniel trabalha para aumentar número de municípios na Ride-DF

0
945
Deputado federal Daniel Vilela (PMDB)

A Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal (Ride-DF) conta hoje com 19 municípios goianos, três de Minas Gerais e todo do Distrito Federal. Mas em breve mais 11 municípios de Goiás serão integrados à Ride-DF. Três deles estão sendo incluídos através de projeto de autoria do deputado federal Daniel Vilela (PMDB). São as cidades de Barro Alto, Goianésia e Vila Propício que, segundo o parlamentar, sofrem influência direta de Brasília, fato que o motivou a trabalhar pela inclusão dos três municípios neste grupo.  Assim, passarão a receber recursos extras do governo federal e têm a possibilidade de firmarem convênios em áreas como transporte, infraestrutura, educação e cultura. “ A inclusão desses 11 municípios ajuda no desenvolvimento do Estado como um todo porque eles ficam menos dependentes de repasses estaduais, já que passarão a receber recursos da União”, explica. “A presença de Barro Alto, Goianésia e Vila Propício ajudará a dar impulso à economia do Centro Goiano”. O projeto de lei complementar (PLC 102/2015), de origem da Câmara dos Deputados, foi provado na semana passada pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado Federal e vai agora para votação no Plenário, o que deve acontecer em breve, devido ao regime de urgência aprovado para a matéria.  Também serão incluídos na Ride-DF as cidades de Alto Paraíso, Alvorada do Norte, Cavalcante, Flores de Goiás, Niquelândia, São Gabriel, São João d’Aliança e Simolândia. “Estamos trabalhando para conquistar investimentos e recursos para melhorar a qualidade de vida da região”, afirma Daniel Vilela.


“Vamos tentar fazer algo parecido com o que acontece com a Dilma. Ela poderá ser chefe de um poder afastada e mantém prerrogativas”

Primeiro-secretário da Câmara, Beto Mansur (PRB-SP) afirma que a Mesa Diretora vai editar um ato para manter privilégios ao deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afastado do mandato pelo Supremo Tribunal FEderal (STF).


Sem trégua
Ao ser informado que a Secretaria de Segurança Pública registrou queda em diversos tipos de crime, com destaque para homicídios e roubo de veículos, o governador Marconi Perillo elogiou o trabalho à frente da pasta exercido pelo vice-governador José Eliton e por todos que atuam na área. No seu Twitter Marconi postou o seguinte: “Não vamos dar trégua à bandidagem e a prioridade é proteger o cidadão de bem”. #polícia #segurança

Vontade de trabalhar
Apesar de já cumprir o quarto mandato de governador de Goiás, Marconi Perillo, além de imbatível nas urnas, parece incansável como gestor do Estado. O tempo passa e ele mantém o ritmo de trabalho emplantado em 1999, no seu primeiro governo. Segundo ele, as dificuldades e as crises o estimulam para o trabalho. “Não perdi o pique nem a vontade de trabalhar muito. Com mais experiência, paciência e maturidade, mantenho acesa a chama do moço da camisa azul lá de 98”, disse ele no Facebook.

 Cargo no governo
Articulador em Brasília do impeachment da presidenta Dilma Rouseff (PT), o ex-deputado federal Sandro Mabel (PMDB) pode assumir alto cargo no governo do amigo Michel Temer, que deve sentar na cadeira de Dilma a partir de quinta-feira, dia 12.  Não sendo ministro, o que é pouco provável, Mabel poderia assumir cargo no segundo escalão, possibilidade mais provável neste momento.

Longe da sucessão
Com as articulações em Brasília e a possibilidade de ser influente no governo de Michel Temer, Sandro Mabel acabou se afastando do debate sobre a sucessão municipal em Aparecida de Goiânia, o que deixa muitos pré-candidatos a prefeito mais tranquilos. Se Mabel fosse disputar a eleição, como admitiu, atropelaria todos os prendentes ao cargo, da situação e da oposição.

Candidatíssimo
Outro parlamentar goiano que está em alta no Congresso Nacional é Jovair Arantes (PTB). Antes mesmo de ganhar notoriedade por causa de sua relatoria na Comissão do Impeachment da Câmara, ele era pré-candidato a presidente da Casa em eleição a ser realizada no final do ano. Agora, depois da sua atuação na Comissão, virou candidatíssimo.

Alego
O governador Marconi Perillo se reuniu na semana passada, no Palácio das Esmeraldas, com os 11 deputados estaduais do PSDB. Entre os assuntos, ele discutiu com os deputados a eleição para a nova mesa Diretora da Assembleia Legislativa, a ser realizada no final do ano. Marconi pediu que definam um nome e passem a pedir apoio para o escolhido junto aos partidos da sua base aliada.

Favorito
O PSDB tem a maior bancada da Assembleia, com seus 11 deputados. Por isso, o governador e os deputados acham que o partido deve indicar o candidato a presidente e entre eles dois estão na disputa: Chiquinho Oliveira Oliveira e José Vitti. Além de estar a mais tempo em campanha, Vitti já contabiliza apoio de vários deputados tucanos, entre eles , Talles Barreto, Iso Moreira e Nédio Leite. É o favorito para vencer esta eleição.

Lista de saída
A presidenta Dilma Rouseff (PT) já está de saída do Palácio do Planalto. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), também foi afastado pelo STF. O próximo da lista a ser expulso do Congresso, dizem por aí, será Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado.

Lama da corrupção
É quase certo que nenhum dos políticos envolvidos na condução do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff tenha ficha limpa. A maioria está entupida na lama da corrupção, que virou algo banal no Planalto

Aeroporto
Secretário Executivo da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Olavo Noleto (PT) estará ao lado da presidenta Dilma Rousseff (PT) nesta segunda-feira, dia 9, às 18 horas, em Goiânia, para a inauguração do novo aeroporto. Esta deve ser a última obra inaugurada por Dilma antes de ser afastada do cargo, o que deve ocorrer na quarta-feira, dia 11.

Cabeça erguida
Olavo Noleto confirma que o clima no Planalto é tenso, mas garante que a equipe do governo se mantém de cabeça erguida e vai trabalhar até o apito final.  “Estamos marcando presença e deixando a nossa marca nos Estados com as inaugurações de obras”, afirmou.

Blogueiro
Após deixar o cargo na Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Olavo Noleto vai se dedicar a uma atividade da qual promete mexer com as estruturas políticas em Brasília. Ele será blogueiro.

Rápidas

Estão abertas até sexta-feira, dia 13, as inscrições para o Prêmio MPT de Jornalismo 2016.  O concurso vai distribuir R$ 400 mil em prêmio para as melhores produções relacionadas ao direito do trabalho e que demonstrem violação da legislação trabalhista.
Serão aceitos trabalhos veiculados entre 2 de maio de 2015 e 6 de maio de 2016.  São oito categorias: jornal impresso, revista impressa, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo, fotojornalismo, universitário e repórter cinematográfico.
A Caixa Econômica Federal de Goiânia realiza leilão presencial e eletrônico na sexta-feira, dia13, no Crystal Plaza Hotel e com lances online pelo site www.leiloesjudiciais.com.br/go. Serão leiloadas quatro casas em Campos Belos e Padre Bernardo.
Presidente da Comissão de Tributação, Finanças e Orçamento, o deputado Francisco Júnior confirmou que a escolha do relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias(LDO) 2017 será feita quarta-feira, dia 11. Lincoln Tejota (PSD) deve ser o escolhido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here