Mais Cultura nas Escolas

0
1966
Participação coletiva colabora na aprendizagem

Programa valoriza atividades culturais no processo pedagógico com a participação de artistas profissionais

Luiz Fernando Nunes Hidalgo

Em 20 escolas municipais da Capital ocorre o Programa Mais Cultura nas Escolas, que proporciona aos educandos a oportunidade de participarem de atividades culturais em várias modalidades. Ações como teatro, pintura, escultura, música, modelagem, capoeira, literatura, audiovisual, entre outras fazem parte das ações do Programa.
A Escola Municipal Antônio Fidélis, localizada no Parque Amazônia, participa do Mais Cultura com Oficina de Teatro, mobilizando 57 educandos da Educação de Adolescentes, Jovens e Adultos. É o caso da aluna Creusa Tavares dos Santos, de 52 anos que, depois de anos sem estudar, voltou e agora participa também do grupo de teatro. A peça em que ela e seus colegas se apresentam traz como tema a violência contra a mulher.
“Nunca imaginei participar de um teatro mas agora vejo o tanto que é bom. Eu e meus colegas estamos motivados, já fizemos uma apresentação no Colégio Estadual Lyceu de Goiânia e outra na nossa escola. Este tema sobre mulher é importante porque até hoje o machismo é muito forte”, afirma.
Outra experiência que chama a atenção é a de sua colega Marinete Maria de Jesus Ribeiro, de 43 anos. “Agora que estou nesta escola, posso participar do teatro, vejo que amadureci muito. Já fiz papel de patroa numa peça e agora faço a da esposa agredida pelo esposo. Tudo isso tem me ajudado a me tornar uma pessoa mais forte porque as peças trabalham a realidade do nosso cotidiano”, destaca.
A Escola Municipal Maria Genoveva também participa do Programa com crianças de 9 a 11 anos. O artista selecionado para a escola foi Noé Luiz da Mota, que trabalha com artes plásticas e tem uma carreira de mais de 45 anos. “Tem algum tempo que estou nesta prática. Aqui na escola estamos trabalhando com o Mais Cultura em várias áreas como cinema, pintura e escultura”, comenta.
Na escola, os educandos têm valorizado a proposta, com a participação de todos os integrantes da instituição. “Eu comecei a fazer este trabalho de arte e foi muito importante para minha vida. Eu gosto muito de tudo que tenho aprendido, principalmente quando a gente estuda as plantas”, destaca Yasmim Silva Rodrigues, 9 anos.
Sua colega de sala, Letícia Alves, reconhece a importância de poder participar destas atividades. “Gosto muito do projeto, hoje estou aprendendo fazer uma flor que o professor está ensinando. Também trabalho com pintura e escultura em outras atividades”, ressalta.
Cerca de 2 mil educandos são atendidos pelo Programa em Goiânia, divididos em 15 instituições educacionais e é uma iniciativa firmada entre os Ministérios da Cultura e da Educação. A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) participa desta parceria desde 2014 com a atuação da Gerência de Projetos Educacionais.
Os objetivos da proposta são reconhecer e promover a escola como espaço de circulação e produção da diversidade cultural, além de contribuir para a formação de público e ampliar o repertório cultural da comunidade escolar. “Com o Programa Mais Cultura nas Escolas as instituições têm condições de ter acesso à cultura popular e esta aproximação com a diversidade cultural enriquece o processo de ensino-aprendizagem. Vale destacar também que os agentes culturais envolvidos nos vários projetos são profissionais da área artística e que já têm uma carreira reconhecida”, ressaltou Cleber Silva Carvalho, apoio técnico-pedagógico da SME.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here