Governadores vão cobrar alongamento das dívidas dos estados com a União

0
1821
Chefes de governos dos estados de GO, MT, MS, TO, RO e DF na 3ª reunião do Fórum Brasil Central, realizada em Palmas

Durante reunião fechada entre os governadores Marconi Perillo (GO), Marcelo Miranda (TO), Rodrigo Rollemberg (DF), Confúncio Moura (RO) e Reinaldo Azambuja (MS), foi firmado na manhã de sexta-feira, dia  3, um pacto para que os chefes do Executivo membros do Fórum Brasil Central defendam junto ao Governo Federal uma única pauta em defesa do alongamento das dívidas dos Estados.
De acordo com o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, é fundamental que o grupo de governadores defenda o tema de forma unificada, mas em reuniões distintas com o presidente interino da República, Michel Temer. “Além das questões específicas debatidas aqui no Fórum Brasil Central, pactuamos também um alinhamento de posicionamento em relação a questões nacionais, buscando entendimento para mostrar que os sete governadores levem ao Governo Federal uma pauta comum sobre o alongamento da dívida dos estados”, anunciou.
Em discurso, o governador de Goiás ressaltou que nos intervalos dos encontros oficiais com governadores, o Consórcio tem atuado sistematicamente em busca de soluções para os problemas dos estados. “Nós temos conseguido trabalhar efetivamente ao longo dos meses, entre uma reunião e outra, para encaminhar muitas ações que têm sido desenvolvidas. Estamos agora em junho completando um ano do Consórcio Brasil Central”, pontuou.
Em coletiva de imprensa, o anfitrião do evento e governador do Tocantins, Marcelo Miranda, ressaltou a importância da formação do grupo para levantar soluções em âmbito nacional: “Nós do Consórcio Brasil Central temos a responsabilidade de discutir de forma mais ampla a situação do Brasil e estamos decididos a continuar debatendo soluções em defesa do nosso país”.
Governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, ressaltou a cooperação conjunta dos estados: “A troca de experiências bem sucedidas entre estados é fundamental para que a gente possa dar salto de qualidade nos nossos estados”.
Confúncio Moura, de Rondônia, falou sobre o papel do Consórcio em âmbito nacional. “Às vezes a gente pensa que um presidente sabe tudo, mas o que um presidente precisa é de boas soluções. E aqui nos reunimos para levar ao presidente soluções de como melhorar o país. Estamos preocupados com o crescimento do país. Temos compromisso com o país e queremos ser patriotas não só no futebol, mas nas boas ideias”, afirmou.


Novo encontro do Consórcio fica marcado para Campo Grande

Governador Marconi Perillo presidiu os trabalhos do Fórum realizado em Palmas, no Tocantins
Governador Marconi Perillo presidiu os trabalhos do Fórum realizado em Palmas, no Tocantins

A agenda dos governadores em Palmas teve início logo cedo com honrarias militares oferecidas a eles na chegada ao Palácio Araguaia, sede do Governo do Tocantins. Na sequência, foi realizada a Assembleia Geral com os governadores Marconi Perillo, Marcelo Miranda, Rodrigo Rollemberg, Confúncio Moura e Reinaldo Azambuja.
A assembleia foi aberta oficialmente pelo governador Marconi Perillo e liderada pelo secretário executivo do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central, Thiago Camargo. O consórcio foi criado sob a forma de autarquia da espécie associação pública.
O grupo atua prioritariamente nas áreas de agropecuária, infraestrutura, industrialização, educação, empreendedorismo, turismo, tecnologia, inovação e meio ambiente e tem o intuito de promover o desenvolvimento integrado do Brasil Central, além de formular políticas e viabilizar projetos, parcerias e recursos para a região. Além dos citados, integram o Consórcio ainda o governador Pedro Taques (MT), que não pode comparecer.
A nona reunião geral do Consórcio Brasil Central foi a terceira deste segundo ano de ações do Fórum de Governadores. “Estamos discutindo temas muito relevantes para o Brasil e para a região do Brasil Central”, disse Marconi, que informou também que já está agendada a próxima reunião do grupo, em Campo Grande, sob a coordenação do governador Reinaldo Azambuja.
Documentos
Como resultado das reuniões realizadas até hoje pelo Consórcio Brasil Central, foram lançados três documentos intitulados: Visão Estratégica do Consórcio Brasil Central, que reúne todas as ideias e conceitos do projeto; Brasil Central em Números, contendo todas as informações e indicadores dos estados; e Modelo de Governança, Organização e Gestão para Governadores.
De acordo com o governador Marconi, os três documentos serão encaminhados pela Secretaria Executiva do Consórcio a todos os senadores, deputados federais, deputados estaduais, presidentes de Tribunais de Justiça, de contas, procuradores Gerais de Justiça e membros das federações patronais dos estados que compõem o Consórcio. “Esse, que é um documento base para nossas propostas, será bastante difundido com todo conteúdo que conseguimos agregar até aqui”, disse Marconi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here