Elas vão representar Goiás

0
1792
Jéssica Martins, Maria Teodoro e Irani Maria festejam 1º lugar no Comida di Buteco, em Goiânia. Ao lado de mais duas irmãs, elas comandam, há 24 anos, o Wisquinão Bar e venceram o festival com o tira-gosto Kibitos (detalhe)

Eleito o Melhor Boteco de Goiânia, com o prato Kibitos, o Wiskinão Bar agora irá representar Goiás  na etapa nacional do Festival Comida di Buteco 2016.  A final será em julho, no Rio de Janeiro, e vai escolher o melhor boteco do Brasil

Daniela Martins

O tira-gosto Kibitos, do Wisquinão Bar, foi o vencedor do Comida di Buteco 2016, em Goiânia, sendo escolhido entre os pratos apresentados pelos 31 bares participantes. Kibitos é resultado da mistura da tradicional massa de quibe com purê de batatas e especiarias, devidamente recheado com ricota e castanha de caju. É servido acompanhado por um molho de hortelã picante.
O anúncio do campeão feito dia 8, no Oliveira´s Place, pelos organizadores do Festival. Com o Kibitos escolhido o melhor tira-gosto do Comida di Buteco, o Wisquinão Bar foi eleito o Melhor Boteco da Capital goiana. “A gente não fazia ideia (da vitória). Estamos muito felizes”, ressaltou a jovem arquiteta Jéssica Martins, filha de Irani Maria, uma das quatro irmãs que, juntas, tocam o bar.
A história delas e do Wisquinão foi destaque na Tribuna do Planalto, em abril, quando as quatro irmãs – Maria Teodoro, 67, Helia Teodoro, 64, Edna das Graças, 57, e Irani Maria, 53 – falaram, junto de Jéssica, da experiência de tocarem um bar na noite goianiense.
É a primeira vez que elas participaram do festival e já conquistaram o primeiro lugar. Agora, o Wisquinão e seu Kibitos vão representar Goiás na edição nacional do Concurso Comida de Buteco 2016. “Vamos lutar por esse título também, mas só a honra de concorrer no nacional já nos deixa muito felizes”, comemora Jéssica.
A etapa nacional será realizada ao longo deste mês de junho, quando um comitê de jurados irá conhecer os vencedores de cada uma das 20 cidades, dará suas notas e, então, elegerá o melhor do País. O anúncio do vencedor nacional será em julho, na cidade do Rio de Janeiro.
A proposta do concurso, que está em sua 17ª edição nacional e 9ª em Goiânia, é de transformar vidas por meio da cozinha de raiz e estimular os pequenos estabelecimentos às novas criações, cumprindo assim um papel de fomento à cultura gastronômica de boteco. São 17 anos de histórias de vidas transformadas pela força de um evento que mobiliza milhões de pessoas, em várias cidades do Brasil.
Em Goiânia, o segundo lugar do Comida di Buteco ficou com o bar Dom Cirus (petisco Coletânia); o terceiro, com o Mr. Espeto (petisco Orgulho de ser goiano); o quarto lugar ficou com o Recanto Chopp (petisco Boi na Lua) e, o quinto, com o Boteco do Zé Abílio (petisco Cebola Recheada).

Representantes dos 31 bares que participaram do Comida di Buteco em Goiânia: festival é estímulo aos pequenos negócios
Representantes dos 31 bares que participaram do Comida di Buteco em Goiânia: festival é estímulo aos pequenos negócios

Durante os 31 dias do concurso, foram julgados o tira-gosto (70% da pontuação), o atendimento (10%), a higiene do local (10%) e a temperatura da bebida servida (10%). A média entre todos os quesitos garantiu o resultado da premiação. O voto do júri valeu 50% e, do público, 50%. O Instituto de Pesquisas Vox Populi foi o responsável pela apuração.
O Wisquinão Bar fica na Rua 21 esquina com Rua 10, Nº 348, Setor Marechal Rondon

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here