Rede estadual começa processo de formação dos Grêmios Estudantis

0
2479

A proposta é promover o protagonismo juvenil a favor da consolidação da gestão escolar democrática

A Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), por meio da Coordenação de Programa, Projetos e Ações para Juventude (Paju), da Superintendência do Ensino Médio, deu início nesta semana ao Circuito Formativo de implantação dos Grêmios Estudantis nas unidades escolares. A proposta é promover o protagonismo juvenil a favor da consolidação da gestão escolar democrática.
O trabalho começou pela subsecretaria de Luziânia na terça-feira, 7/6, com a formação de 39 gestores. Na quarta, 8/6, a superintendência realizou uma roda de conversa e formação sobre as organizações estudantis com 200 estudantes que são líderes de turma.
“Esses alunos farão o papel de fomentadores para os outros colegas, repassando o conhecimento e as informações obtidas nesses encontros. Aliado a isso, os gestores, junto com a subsecretaria, farão um planejamento estratégico de implementação do grêmio para cada escola”, explica o superintendente do Ensino Médio, Wisley Pereira.
Após finalizado o trabalho em Luziânia, a equipe da superintendência segue para as subsecretarias de Piracanjuba e Aparecida de Goiânia promovendo uma discussão salutar com toda a comunidade escolar e dando sequência ao percurso formativo dos grêmios.
“As organizações em cada escola não têm um prazo estabelecido para serem implementadas. O importante é que os estudantes entendam a importância dessa representatividade e as legalidades a serem cumpridas, se sintam empoderados e seguros do caminho que deve ser percorrido”, completou o superintendente.


Grêmios possuem tradição de liberdade

Os grêmios são organizações historicamente reconhecidas dentro do universo estudantil e têm papel fundamental no vínculo entre a ação democrática escolar e a ação social para além dos muros da escola.
“Estimular a organização estudantil significa ouvir o que temos de primordial dentro da escola, o aluno. É construir uma escola com a cooperação e corresponsabilização de todos e acreditar que nossos jovens também têm muito a contribuir na construção de uma educação de qualidade”, ressaltou Wisley Pereira.
A reativação dos Grêmios é uma das formas positivas de organização para a gestão democrática e, por isso, a Seduce convida toda a comunidade escolar a fazer parte dessa discussão.
O trabalho da Seduce tem parceria com o Conselho Estadual da Juventude (Conjuve-GO) e com a Superintendência de Juventude de Goiás (Sujuv).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here