Governo do Tocantins recebe representantes da cooperativa Frísia

0
1079
Com mais de 90 anos de história, a Frísia Cooperativa Agroindustrial investe no Tocantins com a implantação do entreposto de recebimento de grãos em Paraíso do Tocantins, localizado a 63 km de Palmas. O empreendimento, que tem capacidade para armazenar 28 mil toneladas de grãos, atende pequenos e médios agricultores da região.
O entreposto gera segurança e implementa a logística de escoamento dos grãos, já que está a 23 km dos terminais ferroviários de Palmas, que levam a produção para os portos. “Esse ganho em infraestrutura é fundamental para a ampliação da capacidade produtiva dos produtores da região. Tocantins é o maior produtor de grãos do Norte do Brasil, e esse investimento chega para somar a essa força”, afirma o presidente da Frísia, Renato Greidanus.
O investimento realizado pela Frísia na região começou há três anos com a aquisição de uma área de 200 hectares. Nessa propriedade (Fazenda Santa Maria) foi instalado o entreposto, que teve as atividades iniciadas em abril deste ano. Desde então já foram armazenadas 14 mil toneladas de soja e, atualmente, a expectativa é de estocar 16 mil toneladas de milho.
Com capacidade total de 28 mil toneladas de grãos, o entreposto foi projetado para duplicar sua capacidade, chegando a 56 mil toneladas. Ele é constituído de quatro silos, de sete mil toneladas cada; um secador com capacidade de 150 toneladas por hora; um tombador para descarga dos caminhões; duas moegas para recebimento dos grãos; e uma unidade administrativa. O objetivo é atender agricultores que possuam áreas de 300 a 500 hectares, que ficam protegidos de qualquer oscilação climática ou da exposição ao sol.
Armazenagem
Tocantins aumentou a produção em 240% e a área plantada em 180% na última década, tornando-se referência na região na produção de soja, milho, arroz e feijão. Entretanto, ao passo que possui um potencial gigantesco, tem um déficit de armazenamento de quase três milhões de toneladas. “A presença da Frísia veio para auxiliar o Estado na redução desse número e garantir aos produtores tranquilidade para produzirem”, destaca Greidanus.
Atualmente, Tocantins tem mais de 1,2 milhão de hectares de área plantada, com uma produção de 4,3 milhões de toneladas, e capacidade estática de armazenamento de 1,3 milhão de toneladas, ou seja, o Estado conta com uma capacidade de armazenamento de 30% de sua produção total anual.
Para o presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado do Tocantins (OCB/TO), Ricardo Khouri, a presença da Frísia vem honrar o sistema cooperativista, visto o trabalho de excelência em gestão e organização do quadro social. “A OCB e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo estão à disposição dessa importante iniciativa que traz significativo impulso no desenvolvimento do Tocantins”.
Conheça a Frísia Cooperativa Agroindustrial
Fundada em 1925, a Frísia é a cooperativa mais antiga do Paraná e a segunda do Brasil. Localizada na região dos Campos Gerais, tem sua produção voltada ao leite e grãos, principalmente trigo, soja e milho.
A cooperativa é formada por descendentes de holandeses e por brasileiros, e tem como principais bandeiras o cooperativismo, em que o resultado alcançado se deve a união do trabalho de todos os cooperados e os colaboradores; a diversificação da produção, englobando a produção leiteira, de grãos e de proteína animal; e a alta qualidade do que é feito e comercializado, com animais de excelente genética, rastreamento e investimento em tecnologia, infraestrutura e mão de obra.
O entreposto no Tocantins é parte do projeto “Novas Fronteiras”, que viabiliza a apresentação do cooperativismo, da cooperativa e da sua história com palestras e workshops a comunidade e produtores locais. (Do Site Agora-TO)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here