Hora de reavaliar hábitos alimentares

0
6468
Divulgação

Com a ajuda do ambiente escolar, estudantes podem melhorar hábitos de alimentação através do concurso Goiânia na Ponta do Lápis

Com a ajuda do ambiente escolar, estudantes podem melhorar hábitos de alimentação através do concurso Goiânia na Ponta do Lápis - FOTOS: Paulo José
Com a ajuda do ambiente escolar, estudantes podem melhorar hábitos de alimentação através do concurso Goiânia na Ponta do Lápis – FOTOS: Paulo José

Fabiola Rodrigues

O concurso de redação Goiânia na Ponta do Lápis chega à 17ª edição com o tema: “Educação Alimentar: em busca de uma vida saudável!”. A Secretaria Municipal de Educação e Esporte vê no tema, a ser debatido em sala de aula pelos estudantes, uma oportunidade positiva de aprendizado, além de levar qualidade para a saúde dos alunos.

A secretária de Educação e Esporte de Goiânia, Neyde Aparecida, diz em entrevista exclusiva à Tribuna do Planalto que os tema abordados do certame são sempre relevantes, mas que este ano empenhar os estudantes a pesquisar e debater sobre educação alimentar é uma escolha atual e importante.

“O concurso leva o estudante a pesquisar, estudar, dialogar, aprender e escrever sobre o tema proposto. Ensinar aluno a ter bons hábitos quanto alimentação saudável através do ambiente escolar é um progresso para a educação como um todo”, diz a secretária.

Neyde Aparecida lembra que o professor da rede municipal de ensino já está orientado de como trabalhar o assunto do certame em sala de aula. Com a ajuda dos educadores, a comunidade escolar vai receber total apoio para que os estudantes realizem redações criativas e coerentes.

A secretária diz que o envolvimento da família com o tema será importante para o bom desempenho do estudante.

“Orientaremos os alunos sobre educação alimentar, mas a ajuda dos pais será muito bem vinda. É muito relevante a família dar apoio ao estudante e ensinar ele a se alimentar corretamente. Não existe nada melhor do que aprender na prática”, observa a secretária.

A educação alimentar também pode ser melhorada através de conhecimentos adquiridos no ambiente escolar. Por isso durante todo o concurso que encerrará no final do mês de outubro os educadores da rede municipal vão falar sobre importância das hortas existentes em muitas escolas municipais da capital.

“Vamos orientar o estudante a dar valor às hortas comunitárias. Muitos lanches que são servidos para os alunos vêm delas. Isso contribui para que a alimentação do estudante seja de qualidade, já que são alimentos 100% saudáveis e naturais”, lembra Neyde Aparecida.

Prêmios estimulam concorrência saudável

O maior concurso de redação da capital vai premiar os estudantes que escreverem as melhores redações. O Goiânia na Ponta do Lápis dá ao educando a chance de aprender e ganhar prêmios. Os autores das melhores redações serão premiados com medalhas, certificados, smartphones, notebooks, bicicletas, TVs LCD e bolsas de estudos da Faculdade Sul-Americana (Fasam).

“Ganhei um Notebook porque fui destaque na minha categoria. Ele veio em ótima hora, pois não tinha nenhum. Saber que eu iria ser premiada foi um belo incentivo para mim”, conta Saula Yanka, 16 anos, premiada na edição do ano passado.

A estudante ressalta que o certame sempre traz benefícios para ela. Além de incentivar os estudantes a escrever, o concurso ajuda o aluno a desenvolver conceitos importantes sobre o tema proposto.

“Participei muitas vezes do concurso e sempre quando iria elaborar minhas redações tinha acesso a mais informações. Foi ótimo para mim em todos os sentidos. Até mesmo para minha futura carreira acadêmica”, diz a estudante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here