Ações educacionais são apresentadas a prefeitos

0
1684
Além de detalhar os projetos, secretária Raquel Teixeira anunciou a vinda do Instituto Tecnológico de Goiás para Caçu (Leoiran)

A secretária de Educação, Cultura e Esporte de Goiás, Raquel Teixeira, apresentou aos prefeitos e secretários de Educação dos municípios da região Sudoeste do Estado as duas ações educacionais que integram o programa Goiás Mais Competitivo (GMC), que busca transformar o Estado em um dos mais modernos e competitivos do país. O encontro aconteceu na tarde da última terça-feira, 14/7, no Centro Cultural Rozenda Cândida Guimarães, na cidade de Caçu, e foi promovido pela Seduce em parceria com a Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), responsável pela coordenação do programa. As duas ações da Seduce incluídas no Goiás Mais Competitivo são Goiás Parceiro da Educação Infantil: Primeiros Passos e Parceiro do Ensino em Goiás (PEG).

Na abertura do encontro, Raquel Teixeira lembrou a importância da parceria entre o Estado e os municípios para alcançar os objetivos traçados pelo Goiás Mais Competitivo. Muito embora a Educação Infantil seja de responsabilidade dos gestores municipais, ela destacou que a Seduce pode estender aos prefeitos o Sistema de Avaliação de Desempenho e a plataforma Goiás 360, ferramenta de gestão educacional que está se tornando uma referência para os outros estados.

A secretária ressaltou ainda que a etapa mais importante para a formação de uma criança está na Educação Infantil, que é onde ela recebe diferentes estímulos para o conhecimento.

“É isso que vai fazer diferença no futuro. As crianças têm o direito de aprender e cabe ao poder público, e aí para um pai de aluno não interessa se é Estado ou município, garantir esse ensino de qualidade”, disse Raquel Teixeira.

Instituto Tecnológico

O outro projeto da Seduce incluído no GMC é o Parceiro do Ensino em Goiás, que tem como meta elevar a qualidade da aprendizagem dos estudantes. Raquel lembrou que os índices de evasão na rede pública estadual são grandes e que manter o aluno na escola aprendendo é o principal desafio da Seduce hoje.

De acordo com ela, apesar dos avanços dos últimos anos, de cada 100 alunos que chegam ao Ensino Médio somente 65 concluem esse nível de ensino. Mas em termos de aprendizagem, esses estudantes terminam o 3º ano com apenas 8% dos conhecimentos exigidos em Matemática e Língua Portuguesa.

“Se não garantirmos hoje uma boa qualificação às nossas crianças e jovens estaremos comprometendo seriamente o futuro do país, pois não teremos profissionais capacitados para garantir o desenvolvimento regional e nacional”, observou.

Durante o encontro com os prefeitos, a secretária Raquel Teixeira deu uma boa notícia aos presentes, que é a seção de uso do prédio do Colégio Estadual Dom Pedro II para o Instituto Tecnológico de Goiás. Com isso, o município de Caçu poderá contar com um sistema integrado de educação, que vai da creche e pré-escola ao ensino superior.

Goiás Mais Competitivo

Elaborado no final de 2015, o Goiás Mais Competitivo (GMC) inclui uma série de ações que tem como foco principal transformar Goiás em um dos estados mais modernos e competitivos do país. O programa está fundamentado em dois eixos estratégicos, que são a Qualidade de Vida e a Competitividade Econômica.

Para alcançar esses dois resultados, o Governo de Goiás definiu 15 desafios a serem vencidos, sendo dois deles na área educacional. São essas duas ações que estão sendo apresentadas, a partir de agora, aos prefeitos goianos para criação de um pacto.

O encontro em Caçu também contou com as presenças do secretário de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita; subsecretária regional de Jataí, Marina Silveira; ouvidor geral da Seduce e subsecretário interino de Rio Verde, Honorival Fagundes; Gislainy Jorge Mesquita, gerente de Desenvolvimento dos Profissionais da Educação da Seduce, entre outras autoridades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here