Concurso é motivação para iniciar o segundo semestre

0
1009

O maior certame de redação da capital serve de estímulo para os professores motivarem os estudantes a voltar à rotina da sala de aula

Fabiola Rodrigues

Em sua 17ª edição, o concurso Goiânia na Ponta do Lápis leva os estudantes da rede municipal e particular de ensino a praticar a escrita logo no início do segundo semestre. Os professores das escolas municipais da capital estão preparados para estimular os alunos a participar da seleção logo na primeira semana de aula. Os materiais produzidos pelos educandos devem ser enviados para o jornal até o dia 17 de agosto. O concurso é realizado pela Tribuna do Planalto com o apoio da Secretaria Municipal da Educação e Esporte e escolas da rede particular de ensino.

Para os estudantes que vão participar dessa edição é importante lembrar que o retorno das aulas servirá de preparação e produção das redações. O professor Thiago Morais dá aulas de Português em escola municipal da capital e diz que é muito importante trabalhar com os alunos o tema do certame: “Educação Alimentar: em busca de uma vida saudável!” desde o primeiro dia de aula.

“Acredito que a prática da escrita tem uma força enorme para mudar a vida do estudante. E mesmo com os alunos voltando das férias, vamos prepará-los para apresentarem boas redações, pois os trabalhos precisam ser entregues este mês”, lembra o professor.

Para motivar os alunos a escrever sobre alimentação saudável, Thiago Morais orienta aos pais que ajudem seus filhos a desenvolver práticas alimentares corretas, pois desta maneira o aluno poderá ter mais estimulo quando for escrever. A experiência prática contribui decisivamente no processo de ensino e aprendizado.

A união entre educadores e a família sempre será necessária e importante. O professor lembra que quando os alunos voltam para a rotina escolar eles têm algumas dificuldades para se acostumar a fazer tarefas e exercícios. Neste sentido, a colaboração dos pais estimulando os filhos a escrever e participar do certame é fundamental.

“É natural que os alunos fiquem ligados ao mês que tiveram de descanso. Cabe aos familiares nos ajudar a motivá-los para voltar aos estudos. Sei que eles se interessam, bastam simples frases de motivação”, diz Thiago Morais.

O maior concurso de redação da capital pretende agregar conhecimento e alertar os estudantes de como os alimentos devem ser ingeridos de maneira saudável. O professor diz que o tema escolhido é atual. E precisa ser levado para a sala de aula, uma vez que crianças e adolescentes estão com dificuldade de se alimentar corretamente.

“Estou aproveitando este momento para ajudar a alertar sobre as práticas corretas de alimentação, através da leitura. Já estava trabalhando com os estudantes antes das férias, para impulsionar eles a mudar algumas maneiras de se alimentarem. Espero que estejam colocando em prática”, comenta o professor.

Férias ajudam estudantes a se preparar para o certame

O período de férias serviu para os alunos, além de descansar, adquirir conhecimento. A estudante Thaynnara Gomes, de 13 anos, pesquisou sobre o tema do concurso durante os dias de descanso e diz que está preparada para escrever tudo sobre educação alimentar. Ela deseja ganhar um dos inúmeros prêmios que o certame oferece, como medalhas, certificados, smartphones, notebooks, bicicletas, TVs LCD e bolsas de estudos da Faculdade Sul-Americana (Fasam).

“Gosto de ler e aprender sobre vários assuntos. Quando vi em junho que o assunto desta edição seria sobre melhorar hábitos alimentares, procurei saber sobre o tema. Vou participar para ganhar”, comenta, motivada, a estudante.

Thaynnara Gomes estuda em uma escola municipal da região Leste de Goiânia. Mora com a tia e os primos e desde pequena sabe que precisa ter foco para conquistar seus objetivos. Para ela a chance de se envolver em um certame que dá prêmios como estímulo é um privilégio.

“Não moro com meus pais. Então ganhar algo é mais difícil para mim. A oportunidade que tenho, logo aproveito. Ao escrever a redação, tenho a possibilidade de ser premiada. Estou ansiosa para saber se vou vencer”, diz a estudante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here