Com ações estratégicas Governo do Estado atrai investidores e movimenta a economia

0
1644
Com a missão de atrair investimentos para fortalecer a economia, gerar empregos e impulsionar o crescimento das regiões do Estado, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), executou ações estratégicas e planejadas ao longo do primeiro semestre. Os incentivos e apoios para a realização de eventos, a exemplo da temporada de praias, Festa da Rapadura, feiras agropecuárias, participação em grandes eventos fora do Estado, além de encontros com empresários de diversos setores, foram iniciativas relevantes para a obtenção de resultados positivos a curto, médio e a longo prazo.
Apresentar esse potencial do Estado a possíveis investidores tem sido o elemento central das ações da Seden. Uma medida importante para aproximação com esse público é a participação em feiras de negócios. Este ano, a Seden esteve presente em dois importantes eventos mostrando o Tocantins: a Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow), realizada em Ribeirão Preto (SP); e a World Travel Market Latin America (WTM), na capital paulista.
Hora de investir
Grandes empresários já veem, como realidade, esse futuro promissor do Estado e acreditam que este é o momento de investir. A exemplo disso, a Frísia Cooperativa Agropecuária instalou sua primeira filial fora do Paraná, na cidade de Paraíso do Tocantins. O armazém possui capacidade para estocagem de 28 mil toneladas de grãos e foi projetado para que esta capacidade fosse dobrada, caso necessário. “Eu vejo que o Estado do Tocantins oferece muitas oportunidades, pois é um estado novo, e que atrai pessoas que buscam se desenvolver”, disse o presidente da cooperativa, Renato Greidanus, durante a inauguração do empreendimento, que ocorreu em junho.
O secretário Alexandro de Castro reforça que o Governo está atento para oferecer aos investidores as novas e promissoras oportunidades de negócios do Tocantins. “Nossas ações buscam beneficiar todos os setores e as cadeias produtivas das regiões do Tocantins. O Governo também oferece atrativos potencializados de incentivos fiscais, criando condições favoráveis para indústrias e empresas se instalarem no Estado, o que favorece a instalação e a expansão desses investimentos e, consequentemente, a geração de mais emprego e renda”, pontou o gestor.
Focada em desenvolver os setores que geram emprego e renda, a Seden tem promovido ações que buscam diversificar a economia dos municípios, fomentando o empreendedorismo local. Esses projetos buscam ajudar no desenvolvimento de produtos manufaturados, agregando valor ao que já é produzido localmente, como produção da cachaça, feita pelos plantadores de cana-de-açúcar; da farinha de mandioca; e de flores tropicais.  Além disso, outros projetos têm ajudado no empreendedorismo voltado ao turismo como o Turismo de Base Comunitária e a capacitação de condutores na região do Jalapão.
Ainda no Jalapão, o Estado apoiou, no mês passado, a realização da Festa da Rapadura, no Povoado do Prata, comunidade remanescente de quilombo. Na ocasião, a presidente da Associação Comunitária dos Extrativistas, Artesãos e Pequenos Produtores do Povoado do Prata, Osirene de Sousa, reforçou a importância do apoio recebido, pontuando o impacto positivo da Festa para o povoado.  “O evento une mais a comunidade, ajuda a divulgar os produtos locais e melhora o fluxo de turistas na comunidade”, explicou.
Temporada de Praia
Mais que fomentar o turismo, por meio do apoio financeiro para a realização da temporada de praias nos municípios, o Governo do Estado promove a geração de renda para os moradores das cidades que têm praias. Este ano, mais de 40 municípios firmaram convênios para receber apoio do Executivo, seja por meio do Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE) ou de emendas parlamentares. Uma das cidades beneficiadas, Araguacema tem, na temporada, seu ponto alto de incremento na economia local. “Nós nos empenhamos em realizar a temporada para que o nosso povo tenha uma fonte de renda. São barqueiros, barraqueiros, moradores que alugam suas casas para os veranistas e o comércio em geral. É na temporada que eles tiram recursos para sobreviver ao longo do ano”, explicou a prefeita do município, Isabella Simas.
Ainda segundo a gestora, sem o apoio do Estado, o município não teria condições de realizar a temporada, o que impediria a geração de empregos e renda na cidade. “Para se ter uma ideia, na temporada, só barqueiros trabalhando no município foram mais de 80. O comércio é todo beneficiado. Depois que a temporada passa, as pessoas começam a investir em construção de suas casas, aquisição de veículos, enfim, é um período fundamental para os nossos moradores”, destacou.
“Nosso trabalho tem o foco em desenvolver a economia do Estado, tanto por meio de grandes empreendimentos quanto apoiando as iniciativas regionais de geração de renda. O Tocantins tem muito potencial de crescimento, e este precisa significar melhor qualidade de vida para a população; desenvolvimento não só econômico, mas social”, finalizou o gestor da Seden. (Do Site Agora-TO)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here